Notícias

Datagro estima área plantada recorde de soja na América do Sul em 2019/20

São Paulo, 4 – A área plantada com soja na América do Sul deve atingir um novo recorde na safra 2019/20, de 60,58 milhões de hectares, segundo a consultoria Datagro. O resultado deve superar em 2% a área na temporada anterior, de 59,43 milhões de hectares. Segundo a consultoria, o estímulo vem dos preços remuneradores aos produtores, com a demanda global firme e prêmios em elevação para venda externa, que compensaram perdas na Bolsa de Chicago.

A estimativa também é de alta produtividade para a soja na região, com média de 3.256 quilos por hectare, 3% mais que os 3.152 kg/ha da safra atual e acima do recorde de 3.244 kg/ha de 2017. A Datagro espera manutenção do investimento em insumos agrícolas por parte dos produtores.

“Na produção, a depender do comportamento do clima, a tendência é de que a América do Sul possa superar com folgas a safra de 2019, que foi diminuída pelas perdas no Brasil e Paraguai, e estabelecer novo recorde histórico de 197,23 milhões de toneladas”, disse em nota o coordenador da Datagro Grãos, Flávio França Júnior.

Segundo França Jr., o bom resultado de produção será fundamental para garantir renda aos produtores caso se confirme a previsão de preços internacionais abaixo da média histórica sem um acordo entre EUA e China.

Na Argentina, o plantio de soja foi estimado em 18 milhões de hectares, com aumento de 1% ante a temporada 2018/19, e a produção deve chegar a 55,18 milhões de toneladas, segundo a Datagro. Já a Bolívia terá incremento de área de 2%, para 1,35 milhão de hectares. A colheita é projetada em 3,10 milhões de toneladas.

No Paraguai, a estimativa é de redução de 9% na área ante 2018/19, totalizando 3,40 milhões de hectares. A consultoria projeta produção de 9,94 milhões de toneladas. No Uruguai, a expectativa é de 1 milhão de hectares de soja, área estável ante o ciclo anterior, com safra estimada em 3 milhões de toneladas.