• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Geral24/01/2022

Documentário A Arte da Memória tem exibição gratuita no Rio de Janeiro

Agência Brasil
Texto por:Agência Brasil24/01/22 - 18h26min

O documentário A Arte da Memória estreia no Brasil no próximo dia 26, com exibição gratuita na praça do Museu de Arte Contemporânea (Mac), em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, em sessão especial, às 18h30.

A obra é uma coprodução Brasil-Portugal e foi dirigida pelo cineasta português Rodrigo Areias. O filme fala do processo criativo de três artistas plásticos contemporâneos: os portugueses Daniel Blaufuks e Pedro Bastos, e o brasileiro José Rufino.

Serão seguidos no local todos os protocolos sanitários de segurança para combate à covid-19, entre os quais a obrigatoriedade do uso de máscara e apresentação do comprovante de vacinação em dia, no formato impresso ou digital, acompanhado de um documento com foto.

Exibições

Segundo os produtores do filme, a escolha do Rio de Janeiro tem significado especial. “A primeira exibição pública do filme Arte da Memória não poderia ser num espaço mais bonito e significativo, o Mav. Esse filme foi realizado para todos, seguiremos com projeções gratuitas em espaços públicos”, informou Priscilla Rosário, co-produtora da obra.

Priscilla também adiantou outras exibições públicas do filme, uma em Olinda (PE), na Casa Estação da Luz (Cel) e outra na Casa Ninja, em São Paulo.

A Arte da Memória deverá estar disponível em plataformas de streaming em abril.

Assista ao trailer:

Sobre o diretor

Rodrigo Areias nasceu em Portugal, em 1978. Estudou som e imagem na Universidade Católica Portuguesa e, mais tarde, especializou-se em realização na Escola de Artes Tisch da Universidade de Nova York. Produziu e co-produziu filmes de cineastas como Edgar Pêra, João Canijo e F.J. Ossang, e foi responsável pela produção de cinema do evento Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura. Dirigiu, entre outros, os longas-metragens Tebas (2007), Estrada de Palha (2012), 1960 (2013), Ornamento e Crime (2015), Hálito Azul (2018), Surdina (2019) e Vencidos da Vida (2020).

A Arte da Memória é um documentário a cores de 2019, com 55 minutos de duração.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais