Notícias

Dólar à vista retoma R$ 4,10 ajudado por saídas de fundos estrangeiros

São Paulo, 7 – O dólar à vista retomou o patamar de R$ 4,10, ao registrar nova máxima em R$ 4,1022 (+0,48%) perto do fim da manhã desta quinta-feira, 7. A alta acelerou com saídas de capitais pela via financeiro, principalmente de fundos de investimento, e um movimento de recomposição de posições defensivas tanto por tesourarias de bancos como por investidores estrangeiros, em função da decepção com os leilões da cessão onerosa, diz Jefferson Rugik, diretor-superintendente da Correpartyi.

Ele lembra ainda que sempre tem saídas pesadas de lucros e dividendos com a proximidade do final do ano. Sua percepção, no entanto, é que a demanda hoje está mais concentrada, por enquanto, em operações estruturadas no mercado de balcão, via contrato a termo de moedas (NDF).