Notícias

Dólar ultrapassa R$ 5,17 de olho nos juros e com preocupação sobre o fiscal

O dólar acelerou a alta, em meio à demanda generalizada há pouco, respondendo à alta dos juros futuros, que espelha cautela com o risco fiscal do País, afirma o estrategista Jefferson Laatus, do Grupo Laatus. “Voltam a pesar as preocupações com a dívida pública diante das articulações da ala política do governo e de parlamentares governistas no Congresso para a mudar a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, que ainda está em discussão no Congresso”, afirma.

A estratégia em articulação seria a de prever o empenho em 2021 de despesas que só serão executados em 2022, ano de eleições presidenciais, após o TCU ter permitido que um volume maior de gastos de 2020 seja executado em 2021, afirma Laatus.

O dólar á vista já superou os R$ 5,17, com máxima a R$ 5,1742 (+0,66%). O dólar futuro de janeiro subiu até R$ 5,1745 (+0,42%)

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro

Tópicos

dolar