• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 183 30.11Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias01/07/2021

Dominguetti diz ter pedido apoio a coronel da PM após suposta proposta de propina

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo01/07/21 - 13h08min

O policial militar Luiz Paulo Dominguetti Pereira afirmou que relatou o suposto pedido de propina do Ministério da Saúde para venda de vacinas a um coronel da Polícia Militar de Minas Gerais. Esse coronel, identificado como Romualdo, teria acionado o gabinete do deputado Cabo Junio Amaral (PSL-MG), aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Dominguetti diz ter recebido, no dia 25 de fevereiro, um pedido de propina de US$ 1 por dose do ex-diretor de Logística em Saúde do ministério Roberto Ferreira Dias, exonerado ontem do cargo. "Era surreal o que estava acontecendo. Eu pedi ajuda", disse à CPI. De acordo com ele, o coronal Romualdo não retornou ao pedido.

Após a conversa com o então diretor da pasta, Dominguetti relatou ter conversado com o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco. A negociação, porém, não foi efetivada. No depoimento, ele falou que teve três reuniões no Ministério da Saúde. A intermediação com os técnicos do órgão teria sido feita inicialmente pela Senar (Secretaria Nacional de Assuntos Religiosos), fundada pelo Reverendo Amilton de Paula.

O depoimento causou tumulto na comissão após Dominguetti tentar envolver o deputado Luis Miranda (DEM-DF) nas suspeitas e exibir um áudio em que o parlamentar teria tentado negociar compra de vacinas com a empresa Davati. Na semana passada, Miranda disse ter alertado o presidente Jair Bolsonaro sobre um suposto esquema de corrupção na compra da Covaxin. Senadores da oposição e independentes afirmaram que a testemunha e o áudio foram "plantados". "A testemunha foi plantada aqui", disse o senador Fabiano Contarato (Rede-ES).

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais