Geral

Duque de Caxias justifica vacinação para pessoas acima de 60 anos

A prefeitura de Duque de Caxias informou que a vacinação de idosos com 60 anos de idade ou mais, que começou hoje (5), foi decidida com base na conclusão de que após um mês de campanha com prioridade de pessoas a partir de 80 anos de idade, a imunização no município teve redução da demanda nessa faixa etária, “demonstrando que a maior parte do público-alvo já tinha sido beneficiada”. Até ontem (4), Duque de Caxias estava vacinando idosos com 80 anos ou mais.

Conforme a prefeitura, a nova etapa da campanha contou com vários pontos de vacinação em Xerém, quarto distrito de Duque de Caxias, sendo que um deles é em sistema drive-thru. A prefeitura do município disse que o objetivo é garantir que o maior número de idosos seja atendido, mas admitiu que a vacinação provocou uma corrida aos postos. 

“A procura pelos locais de vacinação está muito grande, desde as primeiras horas da manhã de hoje, com pessoas vindas do município e de muitas cidades do estado”, informou, completando que foi necessária a atuação de agentes da Guarda Municipal e de fiscais de trânsito em Xerém, “principalmente nos pontos de vacinação com maior demanda, para organizar a movimentação dos veículos e a fila de atendimento do drive thru de vacinação”.

A administração municipal destacou que já vacinou todos os profissionais de saúde, os idosos acamados e os residentes em instituições de longa permanência, idosos acima de 80 anos de idade e profissionais da educação acima de 60 anos.

As filas de pessoas que foram buscar as vacinas davam voltas nos postos e o engarrafamento nas vias próximas chegou a atingir quilômetros na BR-040, o que levou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) a enviar reforço ao local. 

MP-RJ

Ontem (4), o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Saúde da Região Metropolitana I e da Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência do Núcleo Duque de Caxias, expediu uma recomendação ao município de Duque de Caxias para que fosse observado o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, que estabelece como grupo prioritário pessoas acima de 60 anos, “organizando a campanha de vacinação de modo a priorizar as idades mais elevadas dentre a faixa etária de 80 a 60 anos, tendo em vista a maior taxa de letalidade entre os mais idosos, evitando, desta forma, que pessoas mais jovens sejam vacinadas antes de pessoas mais idosas”.

Hoje, como o número de doses, um pouco acima de 6 mil, era insuficiente para todos que procuraram a imunização, a prefeitura distribuiu senhas de atendimento, mas, mesmo sem conseguir, muitas pessoas permaneceram nas extensas filas, algumas sem o uso de máscara e sem respeitar o distanciamento. 

Dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) indicam que o município tem mais de 120 mil pessoas com mais de 60 anos de idade. A falta de exigência do comprovante de residência ajudou a aumentar a procura pelas vacinas por moradores de outras cidades.

Segundo a Polícia Militar, apesar da aglomeração, não houve registro de ocorrências. Integrantes do 15º BPM, localizado em Duque de Caxias, foram para o local para reforçar o patrulhamento.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?