Notícias

Economia com outorga de usina em SP irá para Educação e Saúde, diz Doria

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que o governo economizará R$ 12 milhões por ano com a outorga da Usina Elevatória de Traição – renomeada para Usina São Paulo – no rio Pinheiros. Segundo Doria, os recursos economizados serão redistribuídos em investimentos na Saúde, Educação e Segurança Pública.

Na quinta, o governo recebeu a proposta de R$ 280 milhões pela concessão da usina por 22 anos. O complexo deverá contar com novas áreas de convivência, além de espaços comerciais e escritórios. O certame foi conduzido pela Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae).

Doria, durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirante, sede do governo paulista, reforçou o compromisso de entregar o rio Pinheiros despoluído até dezembro de 2022, fim do mandato ao qual foi eleito.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?