Edição nº 170 20.06 Ver ediçõs anteriores

Economia

De saco cheio

Sentados sobre uma safra recorde, sem poder escoar ou armazenar, produtores de Goiás lamentam o que chamam de abandono do governo do Estado

O pior cabo eleitoral do mundo

José Rainha, ex-integrante do MST, diz que fará de seus acampamentos escritórios de campanha da candidata do governo, Dilma Rousseff

Ele vai arregaçar as mangas?

Wagner Rossi, novo ministro da Agricultura, assume o cargo e diz que dará sequência às políticas de governo. Mas para isso mudanças podem acontecer

Finanças

Muito além do milho

O fazendeiro Nelson Pineda fez de sua propriedade um modelo de diversificação de investimentos. Mesmo com ganhos menores, ele está sempre no azul

A hora do caixa forte

Com o final do período de colheitas, produtores correm em busca das melhores estratégias para multiplicar o dinheiro ganho nas lavouras

Negócios

Os R$ 2,8 bilhões de Pedro Parente

O novo presidente da Bunge tem dinheiro em caixa. Mas isso não será o bastante para executar um ambicioso plano que pode mudar as estratégias da empresa no Brasil

Um oceano de possibilidades

Como a Clean Seas, empresa de pesca australiana conseguiu realizar a reprodução em cativeiro do atum-azul

Um "cupim" de oportunidades

Maior mostra da pecuária nacional, a ExpoZebu chega a 2010 com a missão de bater os R$ 50 milhões em negócios

Cara de um, focinho do outro

Fundada pelo banqueiro e pecuarista Antonio Carlos Porto, a In Vitro está faturando alto com a clonagem de animais premiados

A frente de batalha do agronegócio

Quem são os adidos agrícolas, a "tropa de elite" do campo brasileiro, cuja missão é abrir novos caminhos para o País em mercados internacionais

Os meninos do campo

Movido por uma nova geração de produtores focados na alta produtividade, o Rio Grande do Sul reinventa o seu modo de plantar e mostra o que será o futuro de suas lavouras

O tiro sai pela culatra

O produtor Haroldo Uemura foi preso por engano pelo ex-ministro Carlos Minc. Inocentado pela Justiça, ele agora vai cobrar seus prejuízos da União

Uma produção muito louca

No Canadá, a produção comercial de maconha gera uma renda de US$ 8 mil por pé da planta e rendimento de até US$ 2,5 milhões

Uma feira no quintal de casa

O empresário Jorge Maluf transformou a sua rentável fazenda num recinto privado de negócios. E está faturando com isso

O voo de um novo Ometto

A incrível história do ex-piloto que largou a aviação comercial para resgatar a usina da família e entrar para o time dos grandes produtores de etanol no País

Ele quer dominar o mercado

O empresário Norival Bonamichi saltou de um pequeno galpão para uma empresa de R$ 222 milhões. Agora, ele quer estar entre os dez da saúde animal

No mundo dos leilões

Quilombo liquida plantel de elite

Pecuária de produção será o foco de um dos principais criatórios de nelore do País

Tratamento a galope

Como o uso de células-tronco pode revolucionar o tratamento veterinário em cavalos de alta performance

Porteira Aberta

Porteira aberta

Transgênicos

Lucros geneticamente modificados

Estilo no Campo

Aqui mora a história do café

Prédio histórico onde funcionou a bolsa do café guarda a história da cultura que mudou o Brasil

Em busca da sela perfeita

Dinheiro Rural acompanhou o lançamento do assento que promete revolucionar a equitação. E que chega com o estilo e a classe da grife Hermès

Histórias, cavalos e muito zelo

Como Anis Razuk levou para o campo as lições de ousadia que aprendeu ao fundar uma das maiores redes especializadas em cama, mesa e banho do País

Vitrine Rural

A hora do cafezinho

Não importa se é no escritório ou na fazenda, um café é sempre bem-vindo. Pensando nisso, a Vaca & Cia criou peças exclusivas para acompanhar esse momento

Hippus

Segura, Brasil!

A modalidade de rédeas já conhece os seus representantes

Artigo

Por um crédito mais barato

X

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.