Notícias

Em Curitiba, Rafael Greca diz que prioridade será imunização contra coronavírus

O prefeito reeleito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), estabeleceu a imunização da população contra a covid-19 como prioridade máxima do primeiro ano de mandato. Ele foi empossado nesta sexta-feira, 1º de janeiro, em sessão virtual realizada na Câmara Municipal de Curitiba (CMC).

O político projeta ser possível vacinar 200 mil curitibanos até a Páscoa, em abril. Os profissionais de saúde ocupam o primeiro lugar da fila, seguidos pelos idosos e demais grupos de risco.

“Vamos fazer todo o primeiro esforço desse começo de gestão para ter uma Curitiba imune já. Imune o mais rápido possível”, disse Greca, em entrevista coletiva após a sessão solene.

Em dezembro passado, Greca anunciou um acordo com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para a compra de um lote da Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Segundo o prefeito reeleito, o plano de recuperação econômica de Curitiba é baseado na vacinação da população contra o coronavírus.

Aulas presenciais

Sobre a volta às aulas presenciais, Greca confirmou a retomada das atividades a partir de fevereiro, em modelo híbrido. “Um dia (o aluno acompanhará a aula) na televisão ou no computador, no outro na sala de aula, até que seja possível a retomada integral”, comentou.

Terceira vez

Rafael Greca tem 64 anos e conduzirá a Prefeitura de Curitiba pela terceira vez. Reeleito em novembro passado com 59,75% dos votos, ele também comandou a capital do Paraná entre 1993 e 1996.

Com 37 anos de vida pública, o engenheiro e economista já atuou como vereador, deputado estadual, deputado federal e secretário de Estado. Entre 1999 e 2000, foi ministro do Esporte e do Turismo durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Vereadora quebra protocolo para exaltar representatividade

Também nesta sexta-feira, antes de serem empossados o prefeito Rafael Greca e o vice-prefeito Eduardo Pimentel (PSDB), os vereadores eleitos para a 18ª legislatura da CMC fizeram o juramento e assinaram o termo de posse.

A sessão foi conduzida pela vereadora Indiara Barbosa (NOVO), a mais votada nas Eleições 2020, com 12.147 votos computados.

No decorrer da solenidade, a professora Carol Dartora (PT), primeira vereadora negra da história de Curitiba, quebrou o protocolo para levantar a bandeira da representatividade. “Vencemos, chegamos e ocupamos”, disse ela, com o punho erguido. “Pela primeira vez, uma mulher negra ocupa esse espaço. Vamos continuar resistindo.”

A Mesa Diretora da CMC para o biênio 2021-22 será eleita nesse sábado, 2, em sessão remota.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?