Notícias

Em leilão, Hidrovias do Brasil leva terminal de fertilizantes em Santos

São Paulo, 13 – Após forte disputa, a Hidrovias do Brasil arrematou na manhã desta terça-feira, 13, o arrendamento portuário da área STS20, localizada no Porto de Santos (SP), com uma oferta de R$ 112,5 milhões em leilão na B3. O critério utilizado foi o de maior outorga – o mínimo era de R$ 1,00.

A licitação foi definida no viva voz, já que três grupos apresentaram propostas pelo ativo. A disputa começou com uma oferta de R$ 67 milhões da Aba Infraestrutura e Logística, a partir da qual a companhia e o Consórcio TRH passaram a disputar lance a lance, elevando os valores em R$ 1 milhão; até que a Hidrovias do Brasil subiu a aposta para R$ 90 milhões.

A partir do lance, Hidrovias do Brasil e Consórcio TRH aumentaram as ofertas, e a Hidrovias do Brasil arrematou o terminal por um valor de R$ 112,5 milhões.

Destinada a granéis sólidos minerais, especialmente fertilizantes e sais, a área STS20 tem 29.278,04 metros quadrados e está localizada na região de Outeirinhos do Porto de Santos. Serão investidos R$ 219,5 milhões, em melhorias como obras nos armazéns e no cais público, dragagem do berço de atracação e na aquisição de equipamentos para descarregamento de navios.

Durante os 25 anos do prazo de arrendamento (prorrogáveis até o limite de 70 anos, a critério do poder concedente), a movimentação total deve ser de 54,6 milhões de toneladas. A receita bruta global do contrato alcança R$ 2,744 bilhões. O valor de remuneração mensal fixo é de R$ 776 mil. Já o valor de remuneração variável (R$/t) é de R$ 5,36.