Sustentabilidade

Embalagens reutilizadas dão nova vida a escola na Tailândia

Embalagens reutilizadas dão nova vida a escola na Tailândia

A SIG mostra como empresas e comunidades podem se unir para transformar o lixo em algo valioso por meio de uma inovadora "cantina ecológica" em uma escola na Tailândia feita quase inteiramente de embalagens de bebidas usadas

A SIG, uma das líderes mundiais na fabricação de sistemas de envase e embalagens cartonadas assépticas para alimentos e bebidas, tem mostrado como empresas e comunidades podem se aliar e transformar o lixo em algo valioso. Em uma escola na Tailândia, a empresa liderou junto aos locais a construção de uma cantina feita quase inteiramente de embalagens de bebidas reutilizadas.

A “cantina ecológica” foi inaugurada em setembro de 2018 e é um exemplo para incentivar a comunidade a reciclar um maior volume de lixo. Agora, as 170 crianças da escola tomam diariamente o seu leite em uma cantina construída a partir de embalagens de papelão, transmitindo, desta forma, para suas famílias uma mensagem clara sobre a reciclagem.

Chatramol Intrasorn, Diretor da Escola Nikom Sang Ton Eang, comentou: “A eco-cantina é um modo excelente que mostra como o resultado da reciclagem impacta a vida das crianças fazendo com que elas e seus pais percebam o que acontece com a embalagem quando terminam de beber o leite. Fazer com que as crianças compreendam como a reciclagem pode ajudar o meio ambiente é de grande importância, uma vez que elas são os consumidores de amanhã”.

Dos recipientes para a cantina

A SIG se associou à Universidade de Kasetsart, à fabricante de alimentos Ampol Foods e à empresa de reciclagem de fibra vegetal Pattana para projetar e reconstruir a cantina da escola primária Nikom Sang Ton Eang, ao lado da unidade de produção da empresa em Rayong, Tailândia.

Juntamente com a universidade de Kasetsart, uma das principais universidades públicas da Tailândia, a SIG organizou um concurso para a concepção do projeto de uma cantina escolar totalmente funcional, feita a partir de embalagens de bebidas usadas e recicladas. O próximo desafio foi obter os materiais prontos para a construção.

Mais de 1,4 milhão de embalagens cartonadas geraram a cantina. A Fibra Pattana forneceu as telhas e os painéis das paredes, feitos de alumínio e polímeros de embalagens de papelão usado, coletadas principalmente nas escolas da região. As cadeiras e mesas de compensado foram feitas de embalagens recicladas pela Ampol Foods, uma cliente da SIG que gerencia sua própria usina de reciclagem de embalagens de bebidas.

Contribuir mais com o meio ambiente e a sociedade por meio do aumento do volume de reciclagem é parte da missão do SIG Way Beyond Good – ou seja, colaborar mais do que o necessário. A conscientização é o foco principal das atividades realizadas pela empresa.

Nas palavras de Navapol Chuensiri, Head do Cluster AP-S da SIG: “A eco-cantina é um modelo que beneficia as comunidades e aumenta a consciência de como a reciclagem pode ajudar o meio ambiente. Esse enfoque inovador oferece oportunidades interessantes para outros projetos semelhantes expandirem seu impacto positivo em outras regiões”.