Notícias

Empresa russa negocia aquisição de unidade de fertilizantes da Petrobras

São Paulo, 22 – A companhia russa Acron está finalizando as negociações para aquisição da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados 3 (UFN3) da Petrobras em Três Lagoas (MS). A informação é da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) de Mato Grosso do Sul, em nota. De acordo com o secretário Jaime Verruck, em reunião na quinta-feira entre os representantes da empresa, da estatal e do governo sul-mato-grossense, foi apresentado o cronograma para a conclusão da negociação entre Acron e Petrobras, bem como as condições necessárias para a retomada das obras e a previsão de início das operações da fábrica de fertilizantes.

“O conglomerado russo vai investir US$ 1 bilhão na aquisição da UFN-3 em Três Lagoas”, informa a nota da Semagro. “Até o fim de agosto deve ser assinado um pré-contrato de compra da UFN3 pela Acron”, diz Verruck, acrescentando que o processo de negociação, no entanto, só deve ser finalizado em setembro. Após a conclusão dessa etapa, as obras serão retomadas em 2020 e, de acordo com o cronograma da Acron, a fábrica entra em operação em 2023.

A planta de fertilizantes nitrogenados tem capacidade de produção de 70 mil toneladas/ano de amônia e 1,223 milhão de toneladas/ano de ureia granulada. O complexo é composto por unidade de geração de hidrogênio, unidade de produção de amônia, unidade de produção de areia, de granulação, utilidades, áreas de estocagem e expedição. A gestão estadual estima que o complexo vai gerar mil empregos diretos e aproximadamente 10 mil postos de trabalho indiretos.