• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Geral06/07/2022

Escola Nacional do Jardim Botânico abre vagas para jovens no Rio

Agência Brasil
Texto por:Agência Brasil06/07/22 - 17h23min

A Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) está com inscrições abertas, até o próximo dia 14, para o processo seletivo dos projetos Florescer e de Iniciação Científica no Ensino Médio. 

Podem se inscrever jovens na faixa de 15 a 18 anos de idade, que estejam matriculados do 9° ano do ensino fundamental até o 2° ano do ensino médio, na rede pública de ensino, e que tenham renda familiar equivalente a até três salários-mínimos. Os cursos são gratuitos e oferecem ainda duas alimentações: café e almoço, no turno da manhã; e almoço e lanche, no turno da tarde. Desde o começo das duas atividades do centro, foram atendidos 4 mil jovens.

Estão disponíveis 45 vagas para os interessados. O processo de seleção inclui redação e avaliação objetiva de conhecimentos básicos em ciências naturais, português e matemática. O resultado final será divulgado no próximo dia 29 de julho, com início dos cursos em 1º de agosto deste ano. Os aprovados receberão auxílio-educação mensal no valor de até R$ 350, no Projeto Florescer. Já no programa de Iniciação Científica, as bolsas variam de R$ 100 a R$ 263, dependendo das instituições parceiras, que são o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). As inscrições devem ser feitas na secretaria do CRS/JBRJ, localizada na Rua Pacheco Leão, 915, Jardim Botânico, bairro da zona sul da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

JBRB abre vagas com bolsas para estudantes da rede pública - Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Formação

O projeto Florescer é considerado, atualmente, o carro-chefe do Centro de Responsabilidade Socioambiental (CRS) da JBRB. É composto por quatro grandes cursos: assistente administrativo, com ênfase em sustentabilidade; jardinagem, com ênfase em agroecologia; agente ambiental, com ênfase no manejo botânico e, por fim, agente de ecoturismo, com ênfase em acessibilidade. “São capacitações mais técnicas e profissionalizantes que esse jovem pode receber aqui para ir para o mercado de trabalho”, disse hoje (6) à Agência Brasil o educador socioambiental do CRS/JBRJ, Ulisses Carvalho.

A bióloga e educadora do Centro, Anna Defaveri, destacou que a jardinagem sempre foi o carro-chefe da unidade. “Mas recentemente, a gente percebeu que, além de direcionar para o mercado de trabalho, também poderia direcionar os jovens para o ensino superior. Assim nasceu nosso projeto de iniciação científica, porque todos os nossos meninos e meninas estão no ensino médio e fazem um trabalho complementar ao colégio”.

Para desenvolver o projeto de iniciação científica, o Jardim Botânico do Rio conta com parceria institucional. O Instituto de Pesquisas do JBRJ estabeleceu parcerias com instituições e órgãos de fomento, que são o CNPq e a Faperj, o que permite a oferta de bolsas aos estudantes.

Perspectiva

“Eles têm a oportunidade de, já no ensino médio, conviverem com laboratórios, com o ambiente de pesquisa, com pesquisadores da nossa instituição”, salientou Anna. Dessa forma, os estudantes ficam preparados para os cursos que desejam seguir no ensino superior. A educadora informou que pela parceria com o CNPq já existem quatro turmas formadas desde 2019. Com a Faperj, o projeto já está caminhando para a terceira turma, desde 2020, com quase 100 jovens atendidos no total. O público-alvo são jovens em situação de risco social e econômico, frisou Anna Defaveri.

A ideia é “ampliar a perspectiva desses meninos, oferecer uma formação cidadã e direcionamento para o mercado de trabalho ou para o ensino superior”, sublinhou Anna, referindo-se aos dois projetos.

Seguindo o calendário da rede escolar, os cursos irão até o dia 9 de dezembro deste ano, mas os jovens continuam em formação no ano seguinte. Os cursos têm duração de um ano até um ano e meio. Maiores informações podem ser obtidas através dos telefones (21) 3204-2886 e (21) 3204-2536 ou pelo e-mail crs@jbrj.gov.br.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais