Economia

Etanol continua competitivo ante gasolina apenas em 4 Estados brasileiros

Crédito: Governo do Estado de São Paulo

O levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilado pelo AE-Taxas, considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso (Crédito: Governo do Estado de São Paulo)

Os preços médios do etanol na semana encerrada no sábado, 20, continuaram vantajosos ante os da gasolina apenas nos quatro Estados brasileiros verificados na semana passada – São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás – todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilado pelo AE-Taxas, considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 61,47% do preço da gasolina, em Goiás a 68,81%, em Minas Gerais a 66,63% e, em São Paulo, a paridade ficou em 65,48%.

+ Preço médio do etanol sobe na semana em 19 Estados e no DF, diz ANP
+ Etanol continua competitivo ante gasolina apenas em 4 Estados, diz ANP 

Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 67,26% entre os preços médios de etanol e gasolina, também favorável ao biocombustível.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro