Notícias

EUA: Boeing enfrentará ação de acionistas que acusam empresa em caso 737 MAX

O conselho da Boeing deve enfrentar uma ação judicial de acionistas que alegam que os diretores da fabricante de aviões não monitoraram adequadamente questões de segurança antes da queda de dois jatos 737 MAX, de acordo com a decisão de um juiz de Delaware.

“Em vez de priorizar a segurança, os réus emprestaram sua autoridade de supervisão à agenda da Boeing de produção rápida e maximização de lucros”, disse o vice-chanceler do Tribunal de Chancelaria de Delaware, Morgan Zurn, ao aceitar as reivindicações do processo.

A Boeing, que buscava encerrar o caso, pode apelar da decisão do juiz. Um porta-voz disse que a empresa revisaria a opinião do juiz de perto enquanto considerava seus próximos passos.

O juiz também afirmou, em sua decisão, que o conselho da Boeing “mentiu publicamente sobre se e como monitorava a segurança do 737 MAX”. Fonte: Dow Jones Newswires

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais