Notícias

EUA vendem 2,8 mil t de carne suína para China na semana, diz USDA

São Paulo, 7 – Exportadores dos Estados Unidos venderam 2,8 mil toneladas de carne suína para a China com entrega para o ano comercial de 2019 , na semana encerrada em 31 de outubro, informou o relatório semanal de exportações publicado na manhã desta quinta-feira, 7, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O volume representa alta de 47,36% quando comparado à semana anterior.

Para o ano comercial de 2020, importadores chineses cancelaram compras de 2 mil toneladas da proteína.

A China foi o principal importador semanal de carne suína norte-americana, seguido pela Coreia do Sul (2,7 mil t), Canadá (2,7 mil t), México (2,4 mil t) e Japão (2,4 mil t).

No acumulado da semana, os EUA venderam 16,6 mil toneladas com entrega para 2019, queda de 45% ante a semana anterior e de 82% em relação à média das quatro semanas anteriores.

Exportadores norte-americanos esperam realizar expressivas vendas para o país asiático, já que a China tem apresentado maior necessidade de importação de proteína animal por causa da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) que atingiu o plantel do país. Traders consideram também que importadores chineses possam realizar compras expressivas do produto norte-americano como sinal de boa-vontade dentre as negociações bilaterais.