Notícias

Exportação de café solúvel cresce 7,92% em agosto ante 1 ano, informa Abics

São Paulo, 13/09 – A exportação brasileira de café solúvel alcançou 327.530 sacas de 60 kg em agosto, representando um crescimento de 7,92% na comparação com as 303.492 sacas em igual mês de 2017. Os embarques do produto ao Exterior no mês passado proporcionaram receita cambial de US$ 52,538 milhões, volume 4% inferior no comparativo anual. Os dados foram compilados pela Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) com base em relatório do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Com o desempenho de agosto, o volume de café solúvel exportado pelo Brasil registra crescimento de 3,27% no acumulado dos oito primeiros meses de 2018 na comparação com o ano passado, somando 2.338.550 sacas. A Abics considera que esse é um sinal positivo e de recuperação em meio aos receios de que a liderança mundial estaria ameaçada pelo forte avanço do segmento industrial na Ásia. Com relação à receita acumulada no ano, há recuo de 7%, com um total US$ 389,820 milhões.

Conforme a Abics, a representatividade das exportações do setor de janeiro a agosto é de 11,4% do total de café exportado pelo Brasil, o que coloca o solúvel no segundo lugar do ranking, atrás apenas da variedade arábica. Em relação ao preço médio, o valor alcançado até o momento nesses oito meses equivale a US$ 166,69 por saca.