Economia

Exportação de milho em abril aumenta 270,7% ante abril de 2018, diz Secex

Exportação de milho em abril aumenta 270,7% ante abril de 2018, diz Secex

São Paulo, 2 – As exportações brasileiras de milho em abril somaram 426 mil toneladas, 270,7% acima do apurado em igual mês de 2018, quando foram exportadas 114,9 mil toneladas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 2, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

O resultado reflete a comercialização do cereal de verão da safra 2018/19 – cuja colheita está em estágio final no País – estimulada pelo dólar forte e por preços remuneradores pagos por exportadores no início do ano.

Na comparação com março, quando foram escoadas 891,9 mil toneladas, o volume do mês passado é 52,2% menor. A negociação do cereal de verão foi mais intensa entre janeiro e fevereiro, quando as cotações dos futuros na Bolsa de Chicago e a relação do dólar ante o real trouxeram suporte aos preços no Brasil.

No acumulado do ano, o Brasil já exportou 7,293 milhões de toneladas de milho, 46% acima dos 4,996 milhões de toneladas embarcadas nos quatro primeiros meses de 2018.

A receita cambial em abril totalizou US$ 79,2 milhões, alta de 292,1% em relação aos US$ 20,2 milhões registrados há um ano, mas queda de 55,5% ante março deste ano, quando o faturamento com as vendas externas de milho chegou a US$ 178 milhões. Entre janeiro e abril, os embarques de milho geraram uma receita total de US$ 1,301 bilhão, montante 63,7% superior ao faturamento de US$ 794,7 milhões obtido em igual período do ano passado.

O preço médio do cereal exportado, considerando-se 19 dias úteis do mês passado, foi de US$ 186 por tonelada, 5,9% acima dos US$ 175,5 apurados em abril de 2018 mas 6,8% menor do que os US$ 199,6 verificados em março.