Negócios

Fabricante de motores Cummins suspende parte da produção no Brasil por Covid-19

Crédito: Divulgação

Diante do avanço da pandemia de coronavírus no Brasil, a Cummins Brasil anuncia a suspensão temporária de parte de sua produção. A medida, válida de 30 de março a 22 de abril, se aplica às linhas de motores, turbos e sistemas de pós-tratamento. As operações de geração de energia e filtros estão mantidas, por estarem relacionadas a serviços essenciais para a sociedade.

De acordo com comunicado da empresa, o distribuidor DCB, o centro de distribuição e logística GPL e o Centro Técnico de Motores também seguem em operação. O setor administrativo da empresa trabalhará de maneira remota.

+ John Deere paralisa fábricas no Brasil; Centro de Peças segue operando
+ Coronavírus: setor veterinário no Brasil elabora cadastro de equipamentos
+ Bugatti Hyper Truck, um caminhão dos sonhos para competir com a Tesla

“Destacamos que nossos produtos asseguram a continuidade dos transportes e o abastecimento de nosso país. Já nossos geradores garantem o funcionamento desde hospitais até datacenters, sendo fundamentais nesse momento. Nossa ação soma esforços com a sociedade para conter a velocidade de expansão da Covid-19”, ressalta a Cummins em nota.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro