Notícias

Farelo: surto de peste suína africana na China afeta grandes processadoras

Chicago, 12 – Os esforços da China para conter os surtos de peste suína africana no país vão continuar pressionando durante meses a demanda por farelo de soja, impondo desafios para grandes processadoras como Archer Daniels Midland (ADM) e Bunge. De acordo com estimativa do Vertical Group, o abate forçado de milhões de animais na China vai reduzir a demanda por farelo de soja em algo entre 5% e 10%, e uma recuperação não deve acontecer antes do fim de 2019. Porém, um possível aumento da produção de suínos nos EUA, na Europa e no Brasil para atender à demanda chinesa pode estimular a procura pelo ingrediente de ração animal. Fonte: Dow Jones Newswires.