Geral

Farsul aprova plano de retirada de vacinação contra febre aftosa no RS

Crédito: Divulgação

A entidade comenta que vários passos devem ser cumpridos para a obtenção do status de área livre de aftosa, sem vacinação (Crédito: Divulgação)

São Paulo, 12 – A Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Sul (Farsul) informou na terça-feira, 11, em nota, que aprovou o processo de retirada da vacinação contra febre aftosa no Estado. Segundo a nota, a aprovação ocorreu por meio de votação. A entidade comenta que vários passos devem ser cumpridos para a obtenção do status de área livre de aftosa, sem vacinação.

“Competirá a nós o acompanhamento da evolução desses pontos”, disse a Farsul, acrescentando que, após a conclusão do processo, querem “a garantia do Poder Público de que as medidas apresentadas serão, efetivamente, colocadas em prática”.

+ Ministério da Agricultura inicia auditoria sobre status de febre aftosa no RS
+ Instrução Normativa aprova diretrizes para a vigilância da febre aftosa 

Atualmente, o status sanitários do Estado é de livre da doença com vacinação.

A medida era esperada pelos produtores do Estado que buscam acessar novos mercados de exportação.

Alguns países asiáticos aceitam importação somente de carne bovina de áreas livre de aftosa sem vacinação.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro

Tópicos

aftosa Farsul febre