• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias03/11/2021

Fed iniciará tapering, com redução mensal de US$ 15 bi nas compras de ativos

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo03/11/21 - 15h34min

O Federal Reserve (Fed) anunciou que irá iniciar a redução do volume de compra de ativos, conhecido como tapering, ainda neste mês. Este é o primeiro passo do banco central americano para a redução do estímulo econômico imposto como resposta à pandemia da covid-19. A decisão foi informada nesta quarta-feira, 3, após reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês).

Atualmente, as compras mensais são de US$ 120 bilhões em ativos, sendo US$ 80 bilhões em Treasuries e US$ 40 milhões em títulos atrelados a hipotecas. Ainda neste mês, o Fed irá começar a reduzir o ritmo mensal das compras em US$ 10 bilhões para Treasuries e US$ 5 bilhões para os títulos atrelados a hipotecas (MBS, na sigla em inglês).

De acordo com documento, também em novembro, o Fomc irá aumentar sua carteira de Treasuries em pelo menos US$ 70 bilhões por mês e de títulos atrelados a hipotecas em ao menos US$ 35 bilhões mensais. A partir de dezembro, o aumento será de ao menos US$ 60 bilhões e US$ 30 bilhões mensais, respectivamente.

Em nota, o Fed afirma que o Comitê julga que cortes similares no ritmo de compras de ativos líquidos provavelmente serão apropriados mês a mês, mas que está preparado para ajustar o ritmo da compra de ativos de acordo com as mudanças nas perspectivas econômicas.

"As compras e detenções de títulos em curso pelo Federal Reserve continuarão a promover o funcionamento regular do mercado e condições financeiras acomodatícias, apoiando assim o fluxo de crédito para famílias e empresas", garantem os dirigentes.

A expectativa é que uma política acomodatícia seja mantida até que metas de inflação e emprego sejam atingidas. Caso surjam imprevistos que possam impedir o cumprimento de seus objetivos, o Fomc diz estar pronto para fazer ajustes.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
EUA/FED/POLÍTICA MONETÁRIA