• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias15/05/2022

FHC apoia pressão de Doria no PSDB: ‘Resultado das prévias deve ser respeitado’

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo15/05/22 - 14h03min

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) comentou neste domingo, 15, a carta enviada pelo pré-candidato tucano João Doria ao presidente nacional do partido, Bruno Araújo. "Agiu bem o candidato João Doria. Ressaltando que o resultado das prévias deve ser respeitado", escreveu FHC, em seu perfil pessoal no Twitter.

O PSDB decidiu convocar uma reunião da Executiva Nacional da sigla, marcada para a próxima quarta-feira, 18, para discutir as reclamações de Doria. É o mesmo dia da reunião prevista pelas cúpulas do PSDB e do MDB sobre uma possível aliança nacional nas eleições de outubro.

O ex-governador paulista acusa o PSDB de "golpe" após a contratação de pesquisas internas pelas cúpulas do seu partido e do MDB. As siglas tentam definir um consenso sobre uma candidatura única à Presidência da República. João Doria foi o vencedor das votações prévias tucanas e, oficialmente, é o pré-candidato à Presidência pela sigla.

No MDB, a senadora Simone Tebet (MS) é a pré-candidata ao Planalto. Como revelaram Lauriberto Pompeu e Marcelo de Moraes, aliados de Doria acusam o comando do PSDB de aceitar critérios feitos sob medida para beneficiar a senadora. Levantamento interno emedebista indicou que a maioria no partido apoiará a reeleição de Jair Bolsonaro se Simone sair da disputa.

Neste domingo, o Estadão publica entrevista de Pedro Venceslau com o decano do MDB, o ex-governador gaúcho, ex-senador e ex-ministro de José Sarney, Pedro Simon. Após sete décadas na política, ele afirma que votará em branco se Lula e Bolsonaro forem os candidatos em um eventual segundo turno para a Presidência. Simon se tornou um dos defensores da candidatura de Simone Tebet.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
Doria