O Campo Digital

Finanças em tempo real

Crédito: Shutterstock

O mercado de aplicativos de gestão para fazendas é bastante fértil e parece comportar ainda mais empresas desenvolvedoras. Desta vez é a paulistana Perfarm que lança o Perfarm de Bolso, uma versão da ferramenta que a empresa criou para computador. Entre outras funções, o aplicativo dá acesso às informações de gestão, finanças e relatórios de pagamentos de uma propriedade. A ferramenta é gratuita e pode ser baixada em celulares e tablets com os sistemas iOS e Android.

Associativismo
Nasce a AgTech Brasil

Divulgação

Foi lançada na ExpoLondrina, a exposição agropecuária de Londrina (PR), a AgTech Brasil, uma plataforma digital para conectar os ecossistemas de startups do agronegócio brasileiro. Na primeira etapa estão integrados os SRP Valley, da Sociedade Rural do Paraná, a AgriHub, liderada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, de Cuiabá (MT) e a AgTech Valley, Vale do Piracicaba (SP), da incubadora EsalqTec. A ideia é que todos os agentes de agtechs que se cadastrarem no sistema possam ter acesso a networking, mentorias e conteúdo.

Tecnoshow
Cabeça premiada

Divulgação

Doze propostas de novos negócios para o agronegócio participaram da etapa final do Desafio Agro Startup, promovido durante a feira Tecnoshow. O evento em Rio Verde (GO), entre os dias 9 e 13 de abril, foi promovido pela Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo). Foram avaliadas cerca de 110 ideias de negócios, com 12 finalistas destacadas. Entre elas, a vencedora foi a Intercred. A plataforma tem por objetivo reunir investidores e produtores rurais interessados em um ambiente mais seguro para o crédito agrícola. O prêmio para o primeiro lugar é uma viagem para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, que será realizada nos próximos meses. Na lista de finalistas estavam: Boidez, Boom do Brasil, Cesto Orgânico, Dronent, Pecus, Monitorar, Pec Insumos, Qualimeat, Implanta IT Solutions, Resenhar e Servitec.

Embrapa
Paisagem monitorada

Julio Vilela

Recompor as matas nativas de propriedades rurais ficou mais fácil, principalmente o planejamento do serviço. A Embrapa e os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, em parceria com diversas instituições, desenvolveram o Simulador de Recomposição Ambiental. A ferramenta faz recomendações personalizadas para que o produtor rural possa recompor a paisagem nativa utilizando as espécies mais adequadas àquele ambiente. O simulador também mostra quais as melhores estratégias de preparo da área e como iniciar os trabalhos. A ferramenta trata de todos os biomas brasileiros e pode ser acessada no endereço webambiente.gov.br, onde está, também o link “Espécie Nativas”. Nela, está uma lista com orientações para o manejo de 782 espécies nativas.

Aplicativo
Carga mais fácil

Começou a funcionar no mês passado o Pega Carga, um aplicativo destinado a conectar caminhoneiros e transportadoras. No Rio de Janeiro, uma central presta suporte aos usuários da plataforma, nas duas pontas, e também ao cartão Pega Carga. Através dele é possível a realização de transações de pagamento e de recebimento pela rede Visa ou Banco 24 Horas, além de acessar serviços como financiamento de veículos, seguros e assistência 24 horas. O aplicativo é gratuito e está disponível através do Google Play e da App Store.

Tecnologia
Pecuária de precisão

Neste mês de maio, na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), um grupo de empresários apresentou a plataforma BovExo, de suporte à tomada de decisões na pecuária. A ferramenta foi idealizada pelos paulistas Paulo Cesar Dancieri Filho, Carlos J. P. Gomes e Cavalcanti. O projeto piloto foi realizado na propriedade do pecuarista Cavalcanti, em Santo Anastácio (SP), com a plataforma BovExo e uma balança digital da Coimma, que colhe e fornece uma série de medições do rebanho na nuvem, em tempo real, permitindo o acesso pelo celular ou via web. “A rentabilidade da atividade pode ser multiplicada por até seis vezes, se o produtor seguir os processos com rigor”, afirma o pecuarista. “O uso de ferramentas de precisão pode tornar a pecuária mais rentável.”

Pecuária
Passa boi, passa boiada

Marco Ankosqui

A brasileira JetBov, plataforma de gestão para criadores de gado de corte, recebeu investimentos da ordem de R$ 3 milhões da SP Ventures, gestora de venture capital especializada em agtech. AJetBov, criada pelos catarinenses Xisto Alves de Souza Júnior e Giovani Zamboni, é o primeiro ativo do Fundo de Inovação Paulista direcionada para a pecuária. A empresa desenvolveu um software para substituir o caderno do produtor, no qual são anotadas as atividades de manejo, como peso e controles sanitário e reprodutivo. As fazendas já gerenciadas pela plataforma possuem ativos da ordem de R$ 1 bilhão, têm cerca de R$ 100 milhões em registrados de transações financeiras de compra e vende de bovinos. O volume de cadastrados no sistema é 400 mil animais.

Agtech
Censo aberto para o setor

Divulgação

Desde o mês passado está em andamento a segunda edição do Censo AgTech Startups Brasil. O levantamento produzido pela AgTech Garage, em parceria com a Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq/USP) pretende mapear informações sobre iniciativas de fomento do setor, entre elas investimentos, sensibilização dos produtores rurais, programas corporativos de inovação aberta e definição de políticas públicas. Esta é a segunda edição do censo. A primeira foi realizada em 2016 e mostrava, na época, 75 empresas no País. Os números atualizados serão divulgados em junho e as startups ainda interessadas em participar podem acessar o endereço agtechgarage.com/censo