Economia

França se opõe ao acordo UE-Mercosul por conta do desmatamento

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Desmatamento: França pede alinhamento ao acordo de Paris para continuar a negociar (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A França segue se opondo ao atual projeto de acordo comercial entre a União Europeia e os países do Mercosul, afirmou o governo francês, nesta sexta-feira (18). O “grande problema” do desmatamento foi apontado como um dos motivos para as incertezas do País.

De acordo com matéria do Le Figaro, o governo francês está formulando três “demandas” para continuar as negociações com Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. O texto inclui como essencial o respeito ao acordo de Paris sobre o clima e o alinhamento das importações com as normas sanitárias e políticas ambientais definidas pela UE.

+ Insper: Brasil continua com ‘telhado de vidro’ em relação ao desmatamento ilegal
+ Em carta a Mourão, países da Europa cobram contenção do desmatamento na Amazônia

Em relatório publicado ontem, uma comissão de especialistas independentes discutiu o tema. Eles concluíram que o projeto “representa uma oportunidade perdida para a UE usar o seu poder de negociação para obter garantias sólidas de acordo com as expectativas ambientais”.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro