Geral

Frigorífico de Maravilhas (MG) recebe selo do Certifica Minas

Crédito: Divulgação / Seapa

Além do frango caipira, a iniciativa conta com os escopos de algodão, azeite, cachaça, café, carne bovina e outros (Crédito: Divulgação / Seapa)

A integradora Fredini Alimentos, proprietária de uma granja e um frigorífico na cidade de Maravilhas, em Minas Gerais, ganhou o selo Certifica Minas Frango Caipira. O programa confere ao consumidor que os frangos foram criados soltos, com alimentação vegetal e não forçada.

A inciativa é coordenada pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e executado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais e Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

+ Preço sobe e carne de frango ganha competitividade em relação à suína, diz Cepea
+ Minas Gerais deve colher safra recorde de grãos com alta de 7,4%
+ Abate de frangos cresce no país no primeiro trimestre

“Para conceder a certificação nossos auditores verificaram documentos, realizaram entrevistas e analisaram visualmente todo o processo produtivo quanto ao cumprimento de 114 critérios de certificação”, destaca, em nota, o gerente de certificação do IMA, Rogério Fernandes.

Além do frango caipira, a iniciativa conta com os escopos de algodão, azeite, cachaça, café, carne bovina, frutas, leite, orgânicos, ovo caipira, hortaliças, queijo artesanal e produtos sem agrotóxicos.

No caso da Fredini Alimentos, também foi aplicada a auditoria de cadeia de custódia, que é uma modalidade do programa destinada a garantir que distribuidores e processadores tenham rastreabilidade nas suas ações, não misturando produtos certificados com outros convencionais.

A empresa abate, aproximadamente, 8 mil aves certificadas a cada 70 dias, o equivalente a cerca de 45 mil por ano. Para manter o selo, que precisa ser renovado periodicamente, há uma série de protocolos a serem obedecidos.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro