Geral

Funcafé: Agricultura antecipa liberação de recursos

Crédito: Divulgação

São Paulo, 05/06 – O Ministério da Agricultura está antecipando a liberação dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Os recursos seriam liberados apenas na segunda quinzena de julho. “O ministério buscou a liberação antecipada dos recursos em virtude da premente necessidade dos produtores para atender o custo de mão de obra e preparo do café no momento da colheita, sobretudo nesse ano que aumentou as exigências de proteção aos trabalhadores por conta da Covid-19”, diz em nota o diretor de Comercialização e Abastecimento, Sílvio Farnese,

Farnese explica que a medida também permitirá o acesso à linha de crédito de comercialização, reduzindo a necessidade de os produtores venderem a sua produção no momento da colheita, quando normalmente ocorre queda nos preços.

+ OIC reduz projeção de superávit global para 1,85 milhão de sacas de café
+ Colheita de café da safra 2020 alcança 8,90% até 29 de maio
+ Recente onda de frio não causou danos nas lavouras de café, diz Minasul

Conforme a pasta, estão habilitados 31 bancos comerciais e bancos cooperativos para aplicação de R$ 5,7 bilhões distribuídos em: R$ 1,6 bilhão para custeio, R$ 3,45 bilhões para comercialização e R$ 650 milhões para capital de giro das indústrias. “O volume de recurso para essa safra é 11,7% maior que o da safra passada.”

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?