Edição nº 161 08.08 Ver ediçõs anteriores

Entrevista

“Fusão traz um custo menor às operações de um negócio”

Divulgação

“Fusão traz um custo menor às operações de um negócio”

Cauê Vizzaccaro
Edição 15/06/2018 - nº 159

É esperada para o próximo mês a aprovação da fusão da holandesa Koepon Holding BV, dona da Alta Genetics, com a americana Cooperative Resources International (CRI). No ano passado, as duas centrais de genética bovina venderam no mundo 28 milhões de doses de sêmen. O negócio anunciado no fim do ano passado cria a maior empresa global do setor, à frente da também americana ABS Global, do grupo Genus, e da holandesa CRV. A Alta Genetics e a CRI, que atuam, respectivamente, em 90 países e 76 países, têm uma forte presença no Brasil. No País, o mercado de sêmen e de serviços é estimado em R$ 540 milhões, por ano. Confira a entrevista com Heverardo Rezende, diretor da Alta Genetics Brasil.

A concentração de empresas deve continuar nesse setor?
Sim. Nos Estados Unidos, a Select Sires comprou a Accelerated Genetics, no ano passado. A Select Sires poderá adquirir
outras empresas.

Qual o benefício dessa fusão para a genética bovina mundial?
A importância está na cooperação entre as duas empresas. Todas as áreas irão se juntar, menos os departamentos comerciais. Fusão traz um custo menor às operações de um negócio e mais recursos à pesquisa e ao desenvolvimento de produtos.

Sem unificação comercial será possível evitar conflitos?
Eles serão os mesmos de todos os concorrentes. Não haverá novos conflitos e sim sinergia.

A quais sinergias o sr. se refere?
Foi proposto que a Alta e CRI, que já passou a se chamar Genex, trabalhassem em conjunto para verificar todas as sinergias. Por exemplo, no Brasil, a Alta Genetics possui uma central de coleta em Uberaba (MG). A CRI não possuia uma central. Ela trabalhava com terceiros. Mas agora poderá usar a central. Com uma maior produção de sêmen, os custos caem.

E as culturas das empresas?
A cultura de integração já existia na Alta Genetics e na CRI. Apesar de pertencer a um grupo holandês, o negócio da Alta sempre foi no Canadá. E em função do dono da Koepon ser um fazendeiro, a cultura de prestadora de serviço ao criador sempre prevaleceu. Já a CRI, por ser uma cooperativa, sempre teve em sua gestão a cultura do cooperado.

Já há um calendário para a fusão?
Ele ainda não está definido, mas a partir de junho, ou assim que a Federal Trade Commission (FTC), órgão regulatório americano, der o parecer, os detalhes começarão a ser conhecidos.

Como serão os investimentos em pesquisa?
Eles aumentarão. Somente a Alta reserva R$ 2 milhões por ano. Mas haverá cortes no que está sendo feito em duplicidade.

Qual a expectativa de venda de sêmen?
No ano passado, as empresas venderam no mundo 28 milhões de doses de sêmen bovino e para este ano são esperadas 30 milhões de doses.

E o impacto na exportação de sêmen a partir do Brasil?
A nossa central atende todas as exigências de organismos internacionais. Podemos exportar à África e aos países da Ásia. No mês passado, assinamos um protocolo com a Índia.

Qual o futuro da genética?
O futuro passa pelo genoma. É uma realidade para as raças europeias e está crescendo nas raças zebuínas. Antigamente, um touro da raça holandesa era o melhor reprodutor do mundo, por até quatro anos. Hoje, em oito meses, já aparece um melhor.


Plantio de soja atinge 1% no Paraná

safra 2018/2019

Plantio de soja atinge 1% no Paraná

Enquanto isso a safrinha de milho chega na reta final com 97% da área colhida no Estado

Exportador de soja dos EUA relata cancelamento a destinos não revelados

CRISE?

Exportador de soja dos EUA relata cancelamento a destinos não revelados


Desmatamento em área ocupada no Cerrado é o menor em 16 anos

SOJA

Desmatamento em área ocupada no Cerrado é o menor em 16 anos

CNA protocola no STF medida cautelar que pede suspensão de tabela de frete

Logística

CNA protocola no STF medida cautelar que pede suspensão de tabela de frete

Farsul

Declaração do ITR já pode ser feita pelos produtores

Soja/Imea

MT processou 835 mil t em julho, volume recorde

Trigo/Egito

Gasc busca por lotes para setembro e outubro

Por que participar do prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL

Inscrições Abertas

Inscrições Abertas

Por que participar do prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL

O único prêmio do setor do agronegócio que analisa empresas e produtores no âmbito corporativo


Especial - O Brasil no Mundo

Em busca de parcerias

Política

Política

Em busca de parcerias

O Brasil, que já exporta para cerca de 200 países, pode ganhar ainda mais espaço na economia global. Confira neste Especial quais os desafios nessa tarefa

Caminho para os tratados

Blocos Econômicos

Caminho para os tratados

Participar de blocos econômicos é um aprendizado para o País,nos quais o campo ainda pode ganhar muito

De olho nos gigantes

Os asiáticos

De olho nos gigantes

China e Índia concentram o maior mercado consumidor para o agronegócio e podem se tornar as economias mais fortes do planeta. Confira por que o Brasil tem muito a ganhar com isso

Bem representado

Internacional

Bem representado

Representantes internacionais podem ajudar o Brasil a fechar acordos comercias e melhorar a imagem do País

Expectativa de mais recursos

Expectativa de mais recursos

Entidades e representantes do agronegócio promovem diálogo com o Governo Federal sobre aumento do volume para o Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019

Ampliando a capacidade produtiva

Ampliando a capacidade produtiva

Cooperativas agrícolas do País apostam no crédito rural para agregar valor ao produto e sair na frente na corrida por inovações sustentáveis

De olho no custeio antecipado

De olho no custeio antecipado

Com preços em queda e boas taxas de crédito, produtores rurais podem apostar na antecipação da compras de insumos para a safra 2018/2019


BrasilAgro confirma início de operação com grãos em Mato Grosso na safra 2018/19

Investimento

BrasilAgro confirma início de operação com grãos em Mato Grosso na safra 2018/19

Lácteos

A2 milk expande atuação no varejo dos EUA com Walmart e Costco

Proteína animal

Marfrig tem prejuízo de R$ 582 milhões no 2º trimestre

Internacional

Ações da Bayer despencam mais de 10% após decisão da Justiça sobre glifosato

CNA alerta proprietários rurais para prazo final de adesão ao Cadastro Ambiental Rural

Últimos dias

Últimos dias

CNA alerta proprietários rurais para prazo final de adesão ao Cadastro Ambiental Rural

Sicredi registra R$ 121 milhões em pedidos protocolados, a maioria para Pronaf

Crédito no campo

Crédito no campo

Sicredi registra R$ 121 milhões em pedidos protocolados, a maioria para Pronaf

Nos próximos cinco anos, o Brasil vai parar de vacinar bovinos

Nos próximos cinco anos, o Brasil vai parar de vacinar bovinos

Guilherme Henrique Figueiredo Marques, diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, fala sobre os próximos passos para a erradicação total da febre aftosa no País


O importante é saber como usar bem um remédio

Roberto Hun

O importante é saber como usar bem um remédio

Roberto Hun, presidente da americana Corteva Agriscience no Brasil, divisão agrícola da DowDuPont, fala sobre o bilionário mercado de defensivos e sementes

A China sabe o que quer do Brasil, mas o Brasil  não sabe o que quer da China

Marcos Jank

A China sabe o que quer do Brasil, mas o Brasil não sabe o que quer da China

Marcos Sawaya Jank, da Asia Brazil Alliance, fala de comércio internacional e dos desafios do País lá fora

CNA monta comitê para mapear inovações no agronegócio por meio de startups

No campo

No campo

CNA monta comitê para mapear inovações no agronegócio por meio de startups


Céu compartilhado

Aviação agrícola

Céu compartilhado

Como a aviação agrícola vai dividir suas tarefas com os drones

Sua fazenda um dia vai ser um bloco

Blockchain

Sua fazenda um dia vai ser um bloco

O Blockchain está chegando para mudar as relações no agronegócio. Agora, é preciso entender o que a ferramenta pode fazer por uma propriedade


Mulheres do Agronegócio


FAO realiza concurso de receitas e negócios sustentáveis para mulheres

Inscreva-se

FAO realiza concurso de receitas e negócios sustentáveis para mulheres

3º Congresso Nacional Mulheres do Agronegócio está com inscrições abertas

Evento

3º Congresso Nacional Mulheres do Agronegócio está com inscrições abertas


Uma mulher à frente de seu tempo

Alida Bellandi

Uma mulher à frente de seu tempo

Como Alida Bellandi tomou as rédeas de sua carreira e se tornou presidente da Guarany, empresa de equipamentos agrícolas. Ela é uma das poucas executivas do agronegócio que chegou ao topo da carreira

A hora da virada

Álvaro Peixoto

A hora da virada

Por que executivos deixam companhias globais para trabalhar em empresas de menor porte e com menos exposição no mercado

Carne bovina entra na mira dos “Impostos sobre o pecado”

Carlos Dutra

Carne bovina entra na mira dos “Impostos sobre o pecado”

Por mais paisagens sustentáveis no campo

Fernando Sampaio

Por mais paisagens sustentáveis no campo

Uma análise das doenças da soja na safra 2017/2018

Carlos Alberto Forcelini

Uma análise das doenças da soja na safra 2017/2018

X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.