Geral

Ginástica e vôlei brasileiros se destacam no primeiro dia da Olimpíada

O Time Brasil iniciou a campanha olímpica sem medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, depois do primeiro dia de competições. Os grandes destaques da delegação nacional foram as vitórias da seleção masculina de vôlei sobre a Tunísia por 3 sets a 0 e as vitórias das duplas de vôlei de praia no masculino e no feminino sobre os rivais argentinos por 2 sets a 0.

Ainda nas modalidades coletivas, o handebol masculino, que foi o primeiro time verde a amarelo a se apresentar na Olimpíada, acabou derrotado pela Noruega por 27 a 24, pela primeira rodada do grupo A.

No futebol feminino, pela segunda rodada do grupo F, o Brasil empatou com a Holanda por 3 a 3 e está na vice-liderança da chave.

No tênis, o Brasil teve a notícia positiva da classificação das brasileiras Luisa Stefani e Laura Pigossi sobre as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman por 2 sets a 0 (parciais de 7/6 e 6/4). Por outro lado, a delegação nacional acabou eliminada no torneio de simples masculino com duas derrotas. João Menezes perdeu para o croata Marin Cilic por 2 sets a 1 em 3h23min de jogo. Thiago Monteiro também caiu, mas para o alemão Jan-Lennard Struff (48º) por 2 a 0, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h16 de jogo.

No torneio de duplas masculino, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner acabaram caindo para a dupla líder do ranking mundial formada pelos croatas Nikola Mektić e Mate Pavić por 2 sets a 0 (7/6 (8-6) e 6/4), em 1h37min, também na madrugada deste neste sábado (24).

Na espada, a ítalo-brasileira Nathalie Moellhausen foi eliminada na prorrogação (com ponto de ouro) pela italiana Rossella Fiamingo, após um 9 a 9 no tempo normal.

No tiro esportivo, Felipe Wu, medalha de prata nos Jogos do Rio de Janeiro, terminou na 32ª colocação em disputa entre 36 atiradores no Campo de Tiro de Asaka.

Na natação, durante a madrugada deste sábado, nos 100m nado peito masculino, Felipe Lima conseguiu a vaga à semifinal com o oitavo tempo, mas Caio Pumputis ficou pelo caminho. Guilherme Costa não conseguiu avançar às finais dos 400 metros livre, depois de ficar em 5º lugar na sua bateria. O revezamento 4x100m livre feminino, com Larissa Oliveira, Ana Carolina Vieira, Etiene Medeiros e Stephanie Balduccini, com o tempo de 3min39seg19, fechou na sexta colocação da primeira bateria e não foi a final.

Na ginástica artística, o time nacional conseguiu a classificação para quatro finais. Arthur Zanetti, nas argolas, Caio Souza, no individual geral e no salto, e Diogo Soares no individual geral. Arthur Nory surpreendeu negativamente e caiu fora na primeira fase na barra fixa, aparelho no qual foi campeão mundial em 2019.

No tênis de mesa, a brasileira Jéssica Yamada caiu no primeiro jogo para a suíça Rachel Moret no individual feminino por 4 a 2 (6/11, 11/6, 4/11, 11/7, 6/11 e 12/14). Ela ainda estará presente na disputa por equipes.

Os primeiros judocas nacionais que lutaram na Arena Budokan, Gabriela Chibana, na categoria até 48 kg, e Eric Takabatake, no peso até 60 kg, caíram no segundo combate.

Na prova de Adestramento Individual, no hipismo, João Victor Marcari Oliva, filho da multicampeã de basquete, Hortência, fez 70,419 pontos, a melhor marca da história do Brasil em Olimpíadas, e finalizou a prova na quinta colocação do grupo A. Em situação difícil, ele aguarda o final da etapa, previsto para domingo, para saber se avança de fase.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?