Notícias

Governador Eduardo Leite diz que legado de Covas será na forma de fazer política

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou que o legado do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), fica tanto nas ações como administrador da maior cidade do Brasil quanto na forma de fazer política. “Era uma voz que me deixava com boa expectativa para a política nacional, não só no PSDB”, disse, em entrevista para o canal CNN Brasil.

Leite comentou que ele e Covas vinham da mesma linha ideológica na Juventude do PSDB. “Somos um partido que pensamos na máquina pública de um lado mais moderno, mas não esquecemos da sensibilidade social para levar a sociedade adiante. Ele era a forma viva de pensar a agir desse jeito.”

O governador gaúcho destacou que Covas “nunca deixou de se posicionar contra aos retrocessos civilizatórios do governo Bolsonaro” e que era uma liderança que não só tinha potencial de ocupar espaços mais destacados na política nacional, mas conduzi-la para a sensatez e o bom senso.

Covas morreu na manhã deste domingo aos 41 anos. Ele lutava desde novembro de 2019 contra um câncer que, inicialmente, atingiu o trato digestivo. Nas últimas semanas, exames detectaram novos tumores no fígado, na estrutura da bacia e na coluna vertebral.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?