Geral

Governo filipino confirma caso de gripe aviária em fazenda de codornas

Crédito: Pixaby

De acordo com o governo, 12 mil codornas foram sacrificadas (Crédito: Pixaby)

Hoje (16), o Departamento de Agricultura das Filipinas confirmou a detecção da gripe aviária H5N6 em uma fazenda de codornas na cidade de Jaen, província de Nueva Ecija.

A descoberta aconteceu depois que 1.500 aves morreram na fazenda. De acordo com dados do departamento, 12 mil codornas foram sacrificadas no processo de higienização do espaço. Em nota, o departamento afirmou que medidas para o controle da doença estão sendo conduzidas para diminuir a disseminação do vírus.

+ Vaca na sombra produz 22% mais leite e com melhor qualidade
+ Coronavírus espanta turistas e macacos invadem as ruas atrás de comida na Tailândia
+ Resto de cerveja faz vaca arrotar menos gases de efeito estufa, afirmam pesquisadores

“A gripe aviária é altamente patogênica, uma doença de aves que pode afetar os seres humanos. No entanto, o H5N6 que afetou as Filipinas não afetou os seres humanos no país”, disse o secretário da pasta, William Dar.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro