Geral

Grãos: governo da Argentina e setor produtivo discutem medidas para escoamento

Crédito: Divulgação

São Paulo, 2 – O ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina, Luis Basterra, discutiu com o grupo que reúne entidades representativas do agronegócio, conhecido como Mesa de Enlace, medidas para garantir o escoamento de produtos agrícolas em meio às medidas restritivas impostas pelo país para conter o avanço do coronavírus.

+ Possibilidade de paralisação de caminhoneiros está descartada, diz Abrava
+ Frete de grãos em MT sobe de 5% a 8% em alguns trechos com falta de caminhões
+ Preços do trigo sobem no mercado internacional com pandemia de coronavírus

No encontro, realizado nesta quarta-feira por videoconferência, os representantes do setor produtivo apresentaram as dificuldades encontradas no escoamento das commodities agrícolas, especialmente por transporte rodoviário, problemas no funcionamento de alfândegas e portos, além das limitações na comercialização por fechamento de agências bancárias. O ministro disse que vai continuar buscando identificar os gargalos logísticos para assegurar o abastecimento doméstico e a normalidade do comércio internacional.

“(O ministro e a Mesa de Enlace) concordaram em trabalhar em conjunto para assegurar a circulação de pessoas e bens em cumprimento às medidas sanitárias impostas para prevenir a propagação da pandemia”, afirmou a pasta em nota.