Notícias

Há espaço na meta para acomodar gasto com BEm, diz secretário do Tesouro

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, disse nesta terça-feira, 30, que há espaço na meta fiscal para acomodar o gasto com a recriação do programa de redução de jornada e salário ou suspensão de contrato de trabalhadores, com o pagamento do benefício emergencial (BEm) para compensar parte da perda salarial. Mais cedo, o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, disse que o gasto deve ficar em torno de R$ 10 bilhões, por meio de crédito extraordinário (fora do teto de gastos).

Apesar de haver espaço na meta, Funchal ressaltou que seria importante fazer um cancelamento de restos a pagar do próprio BEm, herdados do ano passado, uma vez que o mercado está de olho nas despesas que ficarão fora do teto de gastos em 2021.

“Está bem justificada a questão de imprevisibilidade e urgência para o BEm”, disse Funchal, em relação ao crédito extraordinário.

Ele afirmou ainda que, depois de gastos vultosos em 2020 contra a pandemia de covid-19, as ações do governo com gastos fora do teto “serão sempre focalizadas” em 2021.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais