Notícias

Habite Seguro pode ser replicado para outros setores, diz presidente da Caixa

O Programa Habite Seguro, lançado nesta segunda-feira, 13, pelo Ministério da Justiça e operado pela Caixa Econômica Federal, pode ser replicado para outros setores, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Essa primeira versão, elaborada pelo Ministério da Justiça, é financiada pelo Fundo Nacional de Segurança Pública e se destina a profissionais da segurança pública, da ativa ou da reserva, que por meio do programa obtêm condições beneficiadas para a compra da casa própria.

“É maravilhoso esse segmento ter essa possibilidade, mas qualquer segmento, se qualquer ministério tiver um fundo parecido, já está aprovado na Caixa Econômica Federal, até sob as mesmas regras”, disse Guimarães durante solenidade no Palácio do Planalto para lançamento do programa. Segundo ele, por meio do Habite Seguro será possível financiar até 90% do valor de avaliação do imóvel, e nos imóveis retomados, a Caixa vai a 100%.

Segundo o ministro da Justiça, Anderson Torres, a prioridade do programa são os profissionais de segurança com renda bruta de até R$ 7 mil mensais. “Mas todos os profissionais acima dessa faixa de renda também terão acesso ao programa”, afirmou, também durante a solenidade.

Guimarães salientou ainda que “qualquer banco pode realizar essa operação”. A Caixa, segundo ele, exerce o papel de agente operador do Habite Seguro.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?