• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias13/12/2021

Juros: Taxas sobem com realização de lucros antes de agenda carregada da semana

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo13/12/21 - 18h47min

Os juros futuros tiveram uma segunda-feira, 13, de volatilidade. Pela manhã, as taxas exibiram queda, ainda na esteira do IPCA de novembro abaixo do consenso e com a pesquisa Focus mostrando estagnação da piora das estimativas de inflação, mas à tarde passaram a subir. Investidores aproveitaram a deterioração do câmbio doméstico e o aumento da aversão ao risco no exterior para realizar lucros, após o forte recuo das taxas recentemente, também antes da agenda carregada que a semana reserva. O destaque é a reunião do Federal Reserve na quarta-feira, na qual se espera anúncio da ampliação do ritmo do tapering.

No fim da sessão regular, as taxas estavam nas máximas. A do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 fechou em 11,485% (regular), de 11,439% no ajuste de sexta-feira; a do DI para janeiro de 2025 subiu de 10,427% para 10,59% (máxima) e a do DI para janeiro de 2027, de 10,341% para 10,49% (regular). No fechamento da sessão estendida, quando a liquidez é bem menor, porém, a realização de lucros perdeu força e as taxas voltaram a cair ante os níveis da regular, fechando, respectivamente, em 11,45%, 10,465% e 10,36%.

Os contratos que mais subiram foram justamente os que mais vinham caindo, ou seja, os da ponta longa, que vinham em baixa há sete sessões. "A curva fechou muito e hoje o dólar não ajudou", resumiu Vitor Carvalho, sócio-gestor da Laic-HFM, que vê justamente o câmbio como variável-chave para um novo alívio de prêmios na curva. A moeda americana estava bem comportada ante o real na primeira etapa, até com baixa nas primeiras horas, mas passou a renovar máximas no começo da tarde, até a casa dos R$ 5,67, com a piora do humor nos mercados internacionais e fluxo negativo atribuído à sazonalidade de dezembro, quando aumentam as remessas de multinacionais às suas matrizes. Foi a deixa para um ajuste também na curva de juros, dada a grande tomada de risco do investidor na semana passada em função do IPCA de novembro e dados fracos do varejo.

Pela manhã, ainda havia fôlego de queda graças ao Boletim Focus. Após 35 semanas subindo sem parar, a mediana de IPCA para 2021 finalmente cedeu, de 10,18% para 10,05%, o que foi visto como efeito direto da inflação de novembro (0,95%) bem abaixo da mediana das estimativas (1,10%). A de 2022 parou de piorar, repetindo os 5,02%, enquanto os de 2023 e 2024 caíram de 3,50% para 3,46% e 3,10% para 3,09%, respectivamente. Até porque a mediana para a Selic no ano que vem avançou, de 11,25% para 11,50%, refletindo o tom mais firme do comunicado do Copom na busca por conter a deterioração das expectativas.

A expectativa pelo Fed, porém, prevaleceu durante à tarde, com os investidores tentando se antecipar a um tom hawkish, seja no comunicado, seja na entrevista coletiva de Jerome Powell no fim do encontro. Antes do Fed, porém, o mercado tem, amanhã, a ata do Copom e a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) para repercutir logo cedo.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
juros