Geral

Justiça faz operação contra empresários que fraudaram pregão no Rio

A Delegacia Fazendária da Polícia Civil do Rio de Janeiro e o Ministério Público estadual cumprem hoje (18) 17 mandados de busca e apreensão para reunir provas contra empresários suspeitos de combinar lances em pregões eletrônicos do estaduais.

As buscas ocorrem nesta manhã, na sede de empresas e em endereços dos empresários, que teriam cometido os crimes entre 2012 e 2018.

O caso começou a partir de um relatório da Controladoria Geral do Estado (CGE), que identificou um grupo de pessoas jurídicas que combinavam os valores de lances que seriam apresentados em pregões eletrônicos de órgãos como a Secretaria Estadual de Fazenda, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

As investigações apontam que, além de comparsas, os suspeitos teriam vínculos familiares e societários. As provas colidas serão analisadas, e o inquérito terá prosseguimento para apurar todos os crimes atribuídos à organização.

Justiça faz operação contra empresários que fraudaram pregão no Rio