Notícias

Lácteos: agroindústria do RS comemora liberação de exportação para China

São Paulo, 23 – O setor de lácteos no Rio Grande do Sul comemorou a habilitação de 24 laticínios para exportar queijos, iogurtes e leite em pó para a China. O anúncio da liberação foi feito nesta terça-feira, 23, pela manhã, pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Sindilat), Alexandre Guerra, a abertura tem “um potencial enorme” e deve colaborar com a estabilização do mercado brasileiro.

O Rio Grande do Sul tem, atualmente, sete indústrias aptas a exportar para a China. Para o secretário executivo do Sindilat, Darlan Palharini, uma alternativa extremamente interessante, e que deve ser levada pelo setor ao governo federal, seria tornar viável o uso do Prêmio de Escoamento do Produto (PEP) para subsidiar o frete para a China. “Essa ferramenta colocaria o leite brasileiro em uma condição mais favorável de enfrentamento do mercado internacional e harmonizaria o mercado interno”, constatou.

Hoje, o Conseleite no Rio Grande do Sul divulgou que o preço do leite no Estado continua em queda. Em julho, deve ceder 6,43% em relação a junho. Nos três últimos meses, o preço caiu expressivos 11,01%, para R$ 1,0486 em julho.