Notícias

Líder do governo diz que tendência é manter veto em marco do saneamento

O governo espera manter o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao novo marco legal do saneamento básico. O dispositivo, aprovado no Congresso e barrado pelo Planalto, garante a renovação dos contratos de empresas estaduais do segmento. “Seria incoerência voltar atrás e derrubar os vetos”, afirmou o líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), ao Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Governadores pressionam pela derrubada do veto. A proposta deve entrar na pauta das sessões do Congresso desta quarta-feira, 17, e quinta-feira, 18.

A derrubada de um veto só ocorre se houver no mínimo 257 votos entre deputados e 41 entre senadores. A análise começa na Câmara. Se o veto for mantido, o dispositivo nem chega a ser votado no Senado. “A tendência é manter o veto na Câmara”, disse Gomes.

Conforme acordo de líderes partidários, esse veto será votado separadamente no plenário. O dispositivo analisado permite a renovação por 30 anos, desde que seja assinada até 31 de março de 2022, dos contratos de saneamento vigentes atualmente, o que na prática pode atrasar a entrada da iniciativa privada no setor.

O argumento do governo é mostrar o resultado de leilões recentes no segmento para convencer os parlamentares a barrar as renovações de contratos de estatais.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?