• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 186 26.05Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias26/10/2021

Líder do governo no Senado pede que CAE vote PL dos Correios em 3 de novembro

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo26/10/21 - 12h30min

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), pediu que a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado possa votar o projeto que permite a privatização dos Correios na quarta-feira, dia 3 de novembro. Tradicionalmente, o colegiado se reúne às terças, mas, em razão do Feriado de Finados, no dia 2, o líder solicitou que a CAE se reúna extraordinariamente na quarta-feira para deliberar sobre a proposta. Por ora, a previsão é de que o texto siga para votação do plenário do Senado após passar pela comissão.

Bezerra afirmou que há confiança de que a maioria dos senadores da CAE irá apoiar o relatório apresentado hoje mais cedo pelo senador Marcio Bittar (MDB-AC), favorável ao PL. "Estamos confiantes de que a maioria da comissão irá apoiar o relatório", disse.

O líder do governo concordou com o pedido da oposição, de dispor de alguns dias para os senadores analisarem o parecer, sem que a votação ocorra ainda hoje. Por outro lado, Bezerra afirmou que não apoia a solicitação para realização de uma nova audiência pública sobre o PL na CAE, posição que foi seguida por Bittar.

CCJ

Apesar da expectativa de que a proposta passe apenas pela CAE e siga para o plenário, o líder da Minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), pediu nesta terça que o PL também seja analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

"Não há necessidade de se vender os Correios para se ter competitividade nesse setor. Se ela for vendida, é certo que não teremos mais universalização no Brasil", afirmou Prates.

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
CAE