Geral

LNF: classificados, Atlântico e Carlos Barbosa fazem clássico gaúcho

Classificar às oitavas de final da Liga Nacional de Futsal (LNF) era o primeiro objetivo de Atlântico e Carlos Barbosa. A próxima meta é encerrar a primeira fase na liderança do Grupo B. Vencer o clássico gaúcho deste domingo (18), em Erechim (RS), portanto, é fundamental para as pretensões das equipes. O duelo será transmitido ao vivo pela TV Brasil, a partir das 11h (horário de Brasília).

Os rivais se enfrentam pela segunda vez nesta edição da LNF. No dia 1º de setembro, em Carlos Barbosa (RS), o Atlântico levou a melhor por 4 a 2. O goleiro Jackson brilhou pela equipe de Erechim, com defesas importantes e um golaço, marcado da própria área. Após o clássico deste domingo, as equipes ainda se reencontram no próximo dia 27, pela Liga Gaúcha, mais uma vez na casa do Atlântico.

Depois de vencer três dos cinco primeiros jogos, o rubro-verde de Erechim só ganhou uma vez nas últimas cinco partidas da Liga. Na quarta-feira passada (14), a equipe foi superada pelo Joinville, fora de casa, por 1 a 0. O Atlântico, que estava em segundo e chegou a liderar a chave, caiu para quarto, com 16 pontos. Na Liga Gaúcha, o time foi a quadra três vezes, com um triunfo e dois empates, ocupando a quinta posição.

“É um clássico. Sair vencedor traz muita confiança, então é isso que vamos atrás. Buscamos um algo a mais. Há muita coisa que pode ser definida em termos de classificação, de podermos decidir as oitavas de final em casa. Viemos de bons jogos, mesmo com alguns desfalques. A equipe tem apresentado um bom nível e é isso que buscamos dia a dia”, projeta o técnico do Atlântico, Giba.

O Carlos Barbosa soma um ponto a mais que o rival na Liga Nacional de Futsal e vem de uma sequência mais positiva, com três vitórias nos cinco duelos anteriores pela LNF. A mais recente no último dia 9, sobre o Foz Cataratas, por 3 a 1, atuando no interior gaúcho. Pelo torneio estadual, a franquia alaranjada faz campanha perfeita, com 100% de aproveitamento após cinco rodadas.

O duelo em Erechim é o segundo de uma sequência de seis partidas longe de casa da ACBF (quatro pela Liga Gaúcha e duas pela LNF). Serão mais de três mil quilômetros percorridos pelo elenco. A maratona começou na quarta, na vitória de 2 a 1 sobre o Passo Fundo, pelo estadual, e segue até 5 de novembro, diante da Afucs, em Seberi (RS), também pelo torneio regional.

“As viagens nos tiram a possibilidade de treinar. Por exemplo, contra o Atlântico não poderemos treinar em Erechim. É uma dificuldade maior. Vamos para Blumenau (SC), teremos treinos lá, mas muito longe do ideal”, avalia o técnico Edgar Baldasso, fazendo referência ao compromisso do dia 21, às 20h, que encerra a participação do Carlos Barbosa na primeira fase da LNF. “Nos últimos 15 dias, tem faltado possibilidade de treino de qualidade, em função do calendário. Temos de ser cirúrgicos para fazer o treino certo na hora certa”, conclui.

Ouça na Rádio Nacional

Confira a classificação da Liga Nacional de Futsal.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro