Notícias

Lucro do Grupo Fleury cai 28,1% e atinge R$ 95 milhões no 3º trimestre

O Grupo Fleury registrou lucro líquido de R$ 95 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que representa queda de 28,1% ante o mesmo intervalo de 2020. No acumulado do ano, a companhia teve lucro de R$ 279,1 milhões, avanço de 137,6% em relação aos primeiros nove meses do ano passado.

A rede de laboratórios registrou Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 288,6 milhões no trimestre, recuo de 10,9% ante o mesmo período do ano passado. A margem Ebtida teve queda de 898 pontos-base, passando de 37% para 28%. No acumulado do ano, o Ebitda foi de R$ 793,8 milhões, alta anual de 47,2%.

A receita líquida registrada foi de R$ 1,107 bilhão entre julho e setembro, com avanço de 17,3% ante o mesmo intervalo de 2020. A empresa também alcançou geração de caixa operacional de R$ 255,7 milhões no trimestre, com alta de 46% ante igual intervalo de 2020.

Os custos dos serviços prestados apresentaram nova alta de 28,7% no período, a R$ 722,3 milhões. Mais uma vez, pesou o crescimento das despesas com pessoal e serviços médicos, que avançou 34,1%, em função do aumento no número de contratações para o atendimento da maior demanda nas unidades de atendimento, pela expansão das rotas no atendimento móvel e remuneração médica em função do aumento de volume de exames.

Despesas operacionais e equivalência patrimonial somaram R$ 121,4 milhões, aumento de 58% ante os mesmos meses de 2020, com avanço de 71,2% em despesas gerais e administrativas.

A dívida líquida do Fleury ao fim de setembro chegou a R$ 1,446 bilhão, crescimento de 75,1% ante um ano antes. A alavancagem medida pela relação da dívida líquida sobre o Ebitda LTM ficou em 1,3 vez. O capex somou R$ 90,9 milhões, crescimento anual de 188,1%.

No trimestre, os investimentos totalizaram R$ 90,9 milhões, representando um aumento de 188,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Composição da receita

Em comentário que acompanha o balanço, a administração do laboratório destaca que houve crescimento nos exames eletivos, ao mesmo tempo que houve diminuição consistente da participação de exames de covid-19 no faturamento do grupo.

Os exames de análises clínicas tiveram expansão de 9,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Os de imagem tiveram crescimento anual de 16,8%. “Além disso, pela primeira vez registramos um volume maior que o do período pré-pandemia, numa expansão de 10,6% em relação ao terceiro trimestre de 2019”, destaca a empresa.

Sobre os testes de covid, foram realizados 400 mil exames no período, o equivalente a 6% da receita bruta, o menor índice desde que o Fleury começou a oferecer este serviço.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?