• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Assine
Anuncie
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
Istoé Dinheiro Rural
MenuMenu
FECHAR
Capa da edição atual da revista
Edição da SemanaNº 185 08.04Leia mais
  • Home
  • Últimas notícias
  • Economia
  • Negócios
  • Carreira
  • Estilo no campo
  • Tecnologia
  • As melhores da Dinheiro Rural
  • Siga-nos:Facebook
Notícias07/01/2022

Maioria das Bolsas da Europa fecha em queda, após payroll nos EUA e CPI local

Estadão Conteúdo
Texto por:Estadão Conteúdo07/01/22 - 14h56min

As bolsas da Europa fecharam na maioria em queda nesta sexta-feira, 7, após a divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos, o payroll. Além disso, investidores reagiram à alta da inflação na zona do euro, que atingiu a máxima histórica de 5% em dezembro.

O índice pan-europeu Stoxx 600, que reúne as principais ações do continente, encerrou a sessão com queda de 0,39%, a 486,25 pontos, com perda de 0,32% na semana.

A economia dos Estados Unidos criou empregos bem abaixo da expectativa de analistas, mas com queda acima da previsão na taxa de desemprego e alta acima do esperado nos salários.

Para o Credit Suisse, o relatório mostra mais progresso para o pleno emprego, o que apoia a guinada "hawkish" do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). O Citi agora aposta em quatro altas de juros ao longo de 2022, a primeira delas em março. Antes, o banco projetava três elevações, a primeira apenas em junho.

"Tudo que está acontecendo nos mercados esta semana tem a ver com as expectativas de quão rápido o Fed vai endurecer a política", disse Fahad Kamal, diretor de investimentos da Kleinwort Hambros.

O analista-chefe da CMC Markets, Michael Hewson, destaca que o FTSE 100, em Londres, conseguiu se destacar nesta sexta devido ao desempenho superior do setor financeiro. Por lá, as ações de Barclay, Standard Chartered e Lloyds Banking Group subiram 2,39%, 2,03% e 1,62%, respectivamente.

Com isso, o índice referência na capital britânica avançou 0,47%, a 7.485,28 pontos, fechando na máxima do dia. Na comparação semanal, houve avanço de 1,36%. Por outro lado, o CAC 40, de Paris, perdeu 0,42%, a 7.219,48 pontos, em alta de 0,93% na semana.

Investidores também repercutiram a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) da zona do euro, que atingiu a máxima histórica de 5% em dezembro, superando as expectativas e ampliando pressões para que o Banco Central Europeu (BCE) aperte sua política monetária.

Segundo o Commerzbank, a inflação na região provavelmente chegou ao pico e deverá desacelerar de forma significativa deste mês em diante. O banco ressalta, porém, que o CPI deverá demorar até o outono europeu para voltar à meta de inflação do BCE, que é de uma taxa de 2% no médio prazo.

Em Frankfurt, o DAX fechou em queda de 0,65%, a 15.947,74 pontos, com alta semanal de 0,40%.

O FTSE MIB, de Milão perdeu 0,13%, a 27.618,47 pontos no dia, mas ganhou 0,99% na semana.

Nas praças ibéricas, o Ibex 35, de Madri, recuou 0,43%, a 8.751,80 pontos, segundo cotação preliminar.

Em Lisboa, o PSI 20 avançou 0,07% nesta sexta e 0,54% na semana, a 5.599,76 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
BOLSAS DE VALORES