Notícias

Marfrig registra prejuízo de R$ 58,4 milhões no 3º trimestre

São Paulo, 13 – A Marfrig registrou prejuízo líquido de R$ 58 milhões no terceiro trimestre de 2017, ante um prejuízo líquido de R$ 155,8 milhões no terceiro trimestre de 2016. O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve alta de 41% entre os trimestres, para R$ 490 milhões, ante R$ 348,6 milhões.

De julho a setembro, a receita líquida totalizou R$ 4,83 bilhões, com alta de 11,1% na comparação anual, ante R$ 4,347 bilhões, devido ao maior volume de bovinos (+22%). “Esse crescimento da divisão Beef refletiu a decisão estratégica de antecipar e acelerar o aumento de sua produção no Brasil”, disse a companhia no relatório de resultados divulgado há pouco.

“O cenário macroeconômico brasileiro apresentou-se mais favorável no trimestre, com sinais de recuperação da atividade econômica e índice de inflação se mantendo em queda”, afirma a Marfrig no relatório. “No caso específico de bovinos, observou-se uma recuperação tanto no volume de exportação como nas margens do setor; refletindo o esperado ciclo positivo de gado”, diz.

A operação brasileira da Marfrig registrou uma alta de 36% e 40% no volume de vendas em relação ao terceiro trimestre de 2016 e ao segundo trimestre deste ano, respectivamente, e com melhora de margens.

O resultado financeiro líquido no terceiro trimestre apresentou despesa de R$ 427 milhões, uma redução de 12% quando comparada à despesa de R$ 488 milhões no segundo trimestre deste ano. A alavancagem considerando-se o Ebitda Ajustado dos últimos 12 meses foi de 4,36 vezes. A dívida líquida da Marfrig encerrou o trimestre em US$ 2,221 bilhões, o que representou um incremento de 9% em relação ao segundo trimestre de 2017. Em reais, a dívida líquida foi de R$ 7,038 bilhões.