O Campo Digital

Marketplace das gigantes do agro

Crédito: ALBARI ROSA

As americanas Glencore Agriculture Limited, ADM, Bunge e Cargill, mais a francesa Louis Dreyfus Company e a chinesa Cofco International, começaram a criar uma plataforma digital para a operação de compra e venda de commodities agrícolas. As gigantes em comércio internacional de grãos e processamento global de alimentos querem revolucionar as vendas das commodities, tornando-as mais ágeis e seguras. A plataforma utiliza tecnologias como inteligência artificial e blockchain.
O grupo promete o lançamento do projeto para o segundo semestre de 2020.

CRÉDITO 4.0
Startup antecipa pagamentos de recebíveis

Istock

A curitibana Giro.Tech oferece um serviço digital de antecipações de pagamentos. O sistema da fintech conecta instituições financeiras interessadas nos títulos de dívida das empresas que acessam o sistema. Entre as vantagens estão o fechamento de negócios com menores taxas de juros comparadas às praticadas no mercado tradicional de crédito e maior agilidade para a captação dos recursos. Criada em 2018, a empresa já contabiliza para este ano uma antecipação de R$ 20 milhões a uma agroindústria.

AVANCE
Muito além do agronegócio

O Avance, hub de inovação da Cooperativa dos Fornecedores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana), sediada em Piracicaba (SP), completou 1 ano no mês passado. Sediado atualmente no AgTech Garage, também em Piracicaba, o hub tem expectativa de trazer novas tecnologias não apenas para o agronegócio. Está na mira dos organizadores e incentivadores do projeto as áreas de telecomunicações, saúde, mineração e capital de risco.

INVESTIMENTOS
TerraMagna recebe capital irlandês

Istock

A agtech TerraMagna, com sede em São José dos Campos (SP), anunciou um aporte de R$ 2 milhões. A aceleradora irlandesa The Yield Lab foi a líder nessa rodada de investimentos. Desde sua fundação, em 2016, a TerraMagna já levantou cerca de R$ 700 mil de investidores anjo e de fundos, como o Canary. A startup possui serviços de facilitação de financiamento agrícola, com monitoramento das lavouras via satélite e análise computacional dessas imagens para dar peso às informações dos produtores destinadas aos agentes financeiros.

CANA-DE-AÇÚCAR
Imagens digitais identificam problemas na lavoura

Istock

A parceria entre a alemã Basf e uma startup israelense trazem aos produtores do País um serviço de monitoramento digital para a cana-de-açúcar. Através de uma geração de imagens por satélite, aviação agrícola e drones, o sistema pode identificar e classificar a ocorrência das plantas daninhas no cultivo. A ferramenta é resultado da parceria da alemã especialista em agroquímicos e biotecnologia com a startup, através do Programa AgroStart, conduzido pela Basf.

EXPANSÃO
Solinftec com mais sangue latino

A startup Solinftec, com sede em Araçatuba (SP), ganha mais projeção na América Latina. A empresa inaugurou um escritório no município de Cali, na Colômbia. A estratégia faz parte da expansão da empresa na região, que já conta com escritórios em países como Peru, Nicarágua e Guatemala. Mundialmente, a Solinftec já está presente nos Estados Unidos e no Leste Europeu. Com soluções de transformação digital nas fazendas, a empresa põe foco em conectividade e internet das coisas para o maior controle e monitoramento de operações como plantio, colheita e tratos culturais, além de gestão global de processos.

LOGÍSTICA
Investimento de peso na ElloX

alffoto

A startup paulistana ElloX Digital fechou recentemente a sua primeira rodada investimentos com R$ 400 mil. O dinheiro veio de um time de peso, como André Lettieri, fundador da Unimar Agência Marítima, Guilherme Nazar, atual Head de Operações do Uber Brasil, Gabriel Carvalho, fundador da Blu Logistics Brasil, André Xavier Andrade, fundador e CEO da Mimic, e Leonardo Caepa, diretor comercial da Kraft Heinz, em Londres. A empresa possui uma plataforma digital capaz de cuidar de todo o processo logístico, desde o orçamento do frete à gestão do fluxo de documentos. O investimento acelera o plano da startup de entregar maior eficiência tecnológica no transporte de cargas. Até então, os investimentos da companhia eram de R$ 150 mil, feito pelo executivo Lucas Moreno, CEO e fundador da ElloX Digital.

RECONHECIMENTO
Brasileira premiada na Argentina

Divulgação

A startup paulista @Tech ganhou na Argentina a medalha de prata na categoria de empreendedorismo em curso e escalação. O evento foi promovido pela Sociedade Rural Argentina, durante o AgTech Ganadero, evento que reúne as novidades tecnológicas da pecuária. Cerca de 140 startups participaram. Além de empresas de países da América Latina, estiveram em Buenos Aires agtechs da Austrália e dos Estados Unidos. A paulista foi reconhecida pelo BeefTrader, uma plataforma de inteligência artificial que auxilia o pecuarista na tomada de decisão. Através de um dispositivo, munido com câmeras, cada animal é monitorado individualmente todos os dias. A solução consegue captar o ganho de peso animal e identificar o melhor momento de venda.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro