Negócios

Minerva: exportações da planta de Barretos (SP) para China já foram retomadas

Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural

Autoridades chinesas afirmaram encontrar vestígios do novo coronavírus na embalagem de carne bovina (Crédito: Arquivo / Dinheiro Rural)

São Paulo, 09 – A Minerva informa que as exportações de carne bovina de sua planta de Barretos (SP) para a China foram suspensas há uma semana após “testes sanitários” conduzidos pelas autoridades chinesas, mas que já foram retomadas dado que “nada de mais grave” foi identificado durante as averiguações sanitárias que, segundo a empresa, já foram concluídas.

+ Minerva encerra negociações para venda da Athena Foods
+ China: Gaac suspende importação de unidade de bovinos da Minerva por uma semana

O comunicado é divulgado após notícias da imprensa nacional de que autoridades chinesas encontraram vestígios do novo coronavírus na embalagem de carne bovina processada na unidade de Barretos da Minerva. A inspeção aconteceu no porto de Dalian, um dos maiores do país. A China foi destino de 60% das exportações brasileiras de carne bovina entre janeiro e julho, e a Minerva é o terceiro maior produtor do alimento no País.

O texto divulgado pela empresa não dá maiores detalhes sobre os testes realizados, e também não cita os problemas que teriam sido constatados pelas autoridades chinesas. A Minerva reitera o compromisso de manter os acionistas informados sobre este e outros assuntos.

Picapes respondem por 12% dos recalls de 2019, aponta pesquisa
5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
As 10 picapes mais vendidas no Brasil em janeiro