Economia

Ministra da agricultura sugere que outros bancos liberem crédito para pré-custeio da safra

Crédito: Divulgação

Ontem (20), o Banco do Brasil liberou R$ 15 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola de 2020/2021. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, durante o evento de lançamento, apoiou o movimento e sugeriu que outras instituições financeiras deveriam seguir o mesmo caminho.

“Essa antecipação, esse custeio, possibilita que o produtor possa fazer as contas e que tenha maior lucratividade no final da sua safra, do seu plantio, da sua atividade, podendo se programar, comprando e transportando na hora certa. Todos os bancos que financiam o agronegócio brasileiro deveriam seguir esse exemplo”, declarou Tereza. As informações são do Correio Braziliense.

+ Clube Agro Brasil transforma compras em pontos para agricultor adquirir produtos
+ BNDES antecipa início do prazo para adesão a programa de crédito rural
+ Sicredi libera mais de R$ 12 bilhões em crédito rural no Plano Safra 2019/20