As Melhores da Dinheiro Rural

Moinho Anaconda é a campeã na categoria Agronegócio Direto Grandes Empresas

Crédito: Marco Ankosqui

Valnei Vargas Origuela, presidente do Moinhos Anaconda, recebe o troféu de empresa campeã na categoria Agronegócio Direto – Grandes Empresas das mãos de Carlos José Marques, diretor Editorial da Editora Três. A empresa também é vencedora com a Melhor em Gestão Financeira nessa mesma categoria (Crédito: Marco Ankosqui)

O Moinho Anaconda é a campeã no prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL, na categoria Agronegócio Direto Grandes Empresas e no setor de Moinho, Massas e Pães. A empresa também foi premiada como a melhor Gestão Financeira do seu segmento. O presidente do Moinho Anaconda, o gaúcho Valnei Origuela, foi quem recebeu o troféu durante a festa de premiação, realizada nesta noite de terça-feira (11), no restaurante Figueira Rubaiyat, em São Paulo.

Com duas unidades industriais, uma na capital paulista e outra em Curitiba (PR), a companhia teve receita líquida de R$ 570 milhões em 2017, aumento de cerca de 10% superior ao ano anterior.

Realizado desde 2013 pela Editora Três, o prêmio AS MELHORES DA DINHEIRO RURAL destaca as empresas ligadas, direta ou indiretamente, ao campo que aplicam em seus negócios as melhores práticas em gestão financeira e corporativa. A seleção é feita através da participação dessas empresas através do preenchimento de um questionário. Além dos campeões em suas categorias, a homenagem também se estende ao ranking das 300 Maiores Empresas do agronegócio, baseado unicamente nos seus resultados financeiros auditados.