Notícias

Moraes dá 5 dias para Weintraub explicar declaração sobre ministros do STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), cobrou explicações do ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre declaração feita na reunião ministerial de 22 de abril. A decisão de Moraes foi feita no âmbito do inquérito que investiga ameaças, ofensas e fake news disseminadas contra integrantes da Corte e seus familiares.

“Diante do exposto, DETERMINO que Abraham Weintraub, atualmente exercendo o cargo de Ministro da Educação, seja ouvido pela Polícia Federal, no prazo máximo de 5 (cinco) dias para prestar esclarecimentos sobre a manifestação acima destacada”, determinou Moraes.

“Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”, disse Weintraub, na reunião, segundo vídeo, divulgado na sexta-feira, 22, por decisão judicial do decano da Corte, Celso de Mello.