Geral

MS libera licença ambiental para 10 empreendimentos de suinocultura

Crédito: Divulgação

São Paulo, 7 – Mato Grosso do Sul liberou licenças ambientais para mais dez projetos de suinocultura, por meio do Instituto de Meio Ambiente do Estado (Imasul), informou em nota a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Segundo a pasta, foram sete projetos para terminação (engorda) de até 30 mil cabeças de suínos e 3 para instalação de Unidades Produtoras de Leitões com capacidade para até 10 mil matrizes.

+ FAO: índice de preço dos alimentos cai 4,3% em março ante fevereiro
+ Inflação dos produtos agropecuários atinge 14,8% em um ano, diz FGV
+ Importação chinesa de carne cresce 69,6% no 1º bimestre de 2020

“A maioria são licenças de renovação e ampliação de projetos já existentes, mas há também investimentos novos nessa relação”, explica o superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta.

Em meio à pandemia de coronavírus e à obrigatoriedade do período de quarentena, os técnicos do Imasul desenvolvem suas atividades em domicílio e fizeram um “mutirão” de aprovações, a fim de não tornar inviáveis os investimentos programados, segundo a pasta.

Os projetos com licença ambiental aprovada estão em municípios da Grande Dourados.

Veja também

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Cantor Ovelha abre frangaria em São Paulo com a ajuda de Ratinho
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mineral de Marte raro na Terra é achado na Antártida
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Atriz pornô é demitida de restaurante por causa de “cliente cristão”
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?