Carreira

MSD Saúde Animal leva Programa Criando Conexões para as universidades

Alunos dos cursos de medicina veterinária, agronomia e zootecnia recebem ciclo de palestra do projeto que mostra uma nova forma de manejar o gado

Crédito: Divulgação/embrapa

Campo Produtivo: os sistemas de produção sustentável estão na mira do Bradesco, que participa, desde março, do programa Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF) (Crédito: Divulgação/embrapa)

Com um DNA movido por inovação, a MSD Saúde Animal busca criar diferentes formas para expandir seus serviços e soluções. Desta vez, a companhia sai do campo e vai para as salas de aula, levando um programa moderno e inovador: o Criando Conexões.

O primeiro ciclo de palestra, “Manejo Racional e Bem-estar em bovinos: Projeto Criando Conexões” acontece no dia 18 de março, no Campus da FCAV/UNESP de Jaboticabal (SP) e será destinado aos estudantes do grupo de estudos denominado Ruminare, desta mesma unidade universitária.

A proposta é passar o conhecimento que já vem sendo difundido entre os vaqueiros, que estão na lida do dia a dia com o gado, para os futuros profissionais, alunos de graduação e de pós-graduação dos cursos de medicina veterinária, zootecnia e agronomia.

Já no dia 27 de março, acontecerá a segunda palestra para os alunos de graduação e de pós-graduação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ/ USP) que participam do grupo de Estudos de Comportamento e Bem-Estar Animal da FMVZ/ USP, do Grupo de Estudos de Produção e Produtos de Origem Animal e do Programa de Pós-Graduação em Reprodução Animal.

“Hoje, os alunos que estão ingressando nos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia, que são a maioria dentro da universidade, tem como origem as grandes cidades. Nem todos conhecem a realidade das práticas do manejo no campo. Essa iniciativa é uma oportunidade para que os estudantes entendam o processo e que tenham acesso ao manejo correto dos animais”, diz Mateus Paranhos da Costa, professor e pesquisador em etologia animal na UNESP.

Focado no bem-estar, o programa Criando Conexões, é uma plataforma global da MSD Saúde Animal para a pecuária e tem como objetivo aprimorar o manejo do gado, utilizando uma técnica única, sem “nada nas mãos”. A iniciativa avalia o instinto e o comportamento dos bovinos, melhorando a relação entre manejadores e bovinos e o ambiente de trabalho da fazenda.

A técnica foi desenvolvida nos Estados Unidos pelo vaqueiro Bud Williams e aperfeiçoada pelo veterinário Tom Noffsinger, que lhe deu base científica. Com apenas quatro anos no Brasil, o Programa Criando Conexões já contemplou cerca de 100 fazendas – número que equivale a aproximadamente dois milhões de cabeças de gado manejadas e mais de mil pessoas qualificadas.

“Estudos comprovam que, quanto menos estresse os animais sofrerem dentro dos confinamentos e também nos manejos, mais fácil será examiná-los, identificar as doenças e tratá-las. Além disso, há uma facilidade na vacinação do gado, redução na contusão de carcaças, por exemplo”, diz Antony Paulo Luenenberg, coordenador técnico de Bem-Estar Animal da MSD Saúde Animal.

“A iniciativa segue o propósito da MSD Saúde Animal de atuar repaginando a pecuária com o propósito de elevar o bem-estar animal em diferentes esferas, desde a sala de aula até o campo”, diz Luenenberg.